Mercado de Trabalho Desemprego em Portugal volta a atingir recorde nos 16,3%

Desemprego em Portugal volta a atingir recorde nos 16,3%

Recuo registado em Setembro foi temporário, já que a taxa de desemprego no mês passado voltou ao máximo de 16,3%.
Nuno Carregueiro 30 de novembro de 2012 às 10:54

A taxa de desemprego em Portugal subiu uma décima em Outubro, regressando ao máximo de 16,3% que tinha sido fixado em Agosto.

Os dados foram hoje revelados pelo Eurostat e surgem em linha com a tendência no resto da Zona Euro, onde a taxa de desemprego também atingiu um recorde em Outubro, nos 11,7%.

Com a economia portuguesa em recessão, a destruição de postos de trabalho tem provocado uma subida continuada na taxa de desemprego nacional. Desde Outubro do ano passado, a subida foi de 2,6 pontos percentuais. Face a Abril deste ano a taxa de desemprego avançou um ponto percentual.

A subida do desemprego em Portugal foi transversal, atingindo um novo recorde entre os jovens. Aumentou uma décima em Outubro, para 39,1%, permanecendo ainda abaixo do recorde de 39,4% fixado em Agosto. Entre as mulheres a taxa de desemprego subiu para 16,9% e entre os homens avançou para 15,7%.

Portugal permanece com a terceira taxa de desempego mais elevada entre os países da Zona Euro, sendo que a subida entre Outubro de 2011 e Outubro passado foi a quarta maior.

Na Grécia agravou-se 7 pontos percentuais entre Agosto de 2011 e Agosto deste ano, enquanto no Chipre e na Espanha a subida foi superior a 3 pontos percentuais.

Os dados do Eurostat, gabinete de estatísticas da Comissão Europeia, são calculados com base nos dados reportados pelas entidades nacionais (INE e IEFP).  

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI