A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rajoy: “ Foi o melhor mês de Agosto para o emprego desde 2000”

Os dados oficiais só vão ser conhecidos esta terça-feira, mas numa intervenção no Comité Executivo Nacional do PP, o primeiro-ministro de Espanha indicou que os dados do emprego, relativos a Agosto, foram os melhores desde 2000. Rajoy afirmou ainda que os primeiros oito meses de 2013, em termos de empregos, foram os melhores desde 1999.

Bloomberg
Inês Balreira inesbalreira@negocios.pt 02 de Setembro de 2013 às 16:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O primeiro-ministro de Espanha, Mariano Rajoy, comunicou esta segunda-feira, ao Comité Executivo Nacional do Partido Popular (PP), que se reuniu para delinear a estratégia para o novo ano político, vários dados sobre o emprego em Espanha, adiantando-se aos dados do Ministério do Emprego, que vão ser conhecidos esta terça-feira.

 

Apesar de a reunião da cúpula do partido ter decorrido à porta fechada, a secretária-geral do PP, María Dolores de Cospedal, transmitiu aos jornalistas que o mês de Agosto foi o melhor para o emprego desde 2000, de acordo com as indicações de Mariano Rajoy.

 

O chefe do Governo de Espanha afirmou também que os primeiros oito meses do ano foram os melhores desde 1999, em termos de emprego. Apesar das indicações, Rajoy não avançou números concretos, afirmando ainda que desde que começou 2013 “todos os meses foram melhores que em 2012” a nível da empregabilidade, o que demonstra que existe “um comportamento melhor” da economia e do mercado laboral em Espanha.

 

“Vamos ter o melhor mês de Agosto desde 2000 e, em termos periódicos, de Janeiro a Agosto foi o melhor período desde 1999”, disse Cospedal aos jornalistas, cita o jornal espanhol “Expansión”. “A situação não é boa, mas a destruição de postos de trabalho desacelerou”, acrescentou a secretária-geral do PP.

 

Em Julho, Espanha verificava uma taxa de desemprego na ordem dos 26,3%, ao passo que a taxa de desemprego entre os jovens ascendia a 56,1%, de acordo com os últimos dados do Eurostat.

Ver comentários
Saber mais Rajoy Espanha desemprego
Outras Notícias