Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Alemanha rejeita proposta de Durão Barroso

O porta-voz do ministro alemão das Finanças defende que os líderes europeus devem pensar em implementar as decisões tomadas em Julho em relação aos resgates actuais, e não tentar reabrir o debate.

Joana Marques 04 de Agosto de 2011 às 16:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
O Presidente da Comissão Europeia enviou, hoje, uma carta aos líderes europeus onde alertava que era necessário relançar, o quanto antes, o debate sobre a dotação e o campo de actuação do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF).

Perante a carta de Durão Barroso, a Alemanha responde que não percebe “de que forma é que os mercados poderiam acalmar, se se abre o debate apenas duas semanas após a cimeira”.

Segundo o “Cinco Días”, a Alemanha considera que agora o importante é desenvolver as medidas acordadas. “Todos devem focar-se, e não surgirem com questões que já foram contestadas a 21 de Julho”, conclui o porta-voz do ministro alemão das finanças.

Recorde-se que na cimeira de 21 de Julho ficou decida a flexibilização dos fins para que o Fundo Europeu de Estabilização Financeira possa ser usado, nomeadamente, para a compra de obrigações no mercado secundário; o aumento do pacote de resgate à Grécia; e foi aprovado um plano de envolvimento do sector privado no resgate grego.

Ver comentários
Saber mais Alemanha Durão Barroso Finanças
Outras Notícias