Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aumento de impostos permite forte quebra no défice do Reino Unido

Subida das receitas fiscais contribui para um desequilíbrio muito inferior ao estimado nas contas públicas do Reino Unido.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 19 de Agosto de 2011 às 10:27
O Reino Unido registou um défice orçamental de 20 milhões de libras (23 milhões de euros) em Julho, um valor que se situa abaixo das previsões dos economistas consultados pela Bloomberg, que apontavam para um desequilíbrio de 2,4 mil milhões de libras (2,75 mil milhões de euros).

No mesmo mês do ano passado a segunda maior economia europeia tinha registado um défice de 3,5 mil milhões de libras (4 mil milhões de libras), sendo que a queda homóloga é explicada pelo forte crescimento das receitas fiscais.

As receitas fiscais subiram 5,6%, depois do Governo de David Cameron ter aumentado os impostos para combater a alta do défice. A nova taxa introduzida sobre os bancos permitiu aumentar as receitas em 600 milhões de libras (688 milhões de euros).

As contas públicas beneficiaram também com o aumento das receitas fiscais obtidas com os impostos pagos pelas empresas.

A melhoria do défice representa um trunfo para o primeiro-ministro, numa altura em que David Cameron tem sido criticado devido às dúvidas de que será capaz de atingir os objectivos de redução de défice.
Ver comentários
Saber mais défice Reino Unido
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio