Europa Brexit sem desfecho à vista. Parlamento volta ao debate

Brexit sem desfecho à vista. Parlamento volta ao debate

Segunda-feira será marcada por discussões no Parlamento britânico, com os deputados a tentarem encontrar uma solução para o Brexit.
Brexit sem desfecho à vista. Parlamento volta ao debate
Reuters
Sara Antunes 31 de março de 2019 às 18:09
Theresa May está sob enorme pressão. Depois de ter visto chumbado, pela terceira vez, o seu acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia, a primeira-ministra vai enfrentar o Parlamento novamente. Os trabalhos arrancam esta segunda-feira, com os deputados a tentarem chegar a uma solução que viabilize o Brexit.

170 deputados do Partido Conservador, ou seja, mais de metade da bancada parlamentar do partido de May, exigem à primeira-ministra que avance com o Brexit, apelando mesmo a um não acordo, segundo uma carta enviada à líder dos conservadores, citada pelo Sunday Times. Isto ao mesmo tempo que outros deputados apelam a uma saída com um acordo mais moderado.

O momento é histórico, com a divisão a ser o espelho da sociedade britânica. Esta segunda-feira serão discutidas alternativas ao acordo e a Reuters diz que Theresa May poderá mesmo voltar a levar a votos, na terça-feira, o acordo alcançado com a União Europeia.

Theresa May salientou na sexta-feira, após o terceiro chumbo do acordo, que o Parlamento conseguiu chumbar uma não saída, uma saída sem acordo, bem como o acordo de saída.

O tempo está a esgotar-se. A data de saída era a 29 de março, tendo Londres conseguido adiar até 12 de abril. Contudo, o cenário de se conseguir um acordo para uma saída ordeira parece distante.

Vai o Brexit acontecer efetivamente no dia 12 de abril, com ou sem acordo? Ou será adiado? Contudo, um novo adiamento - que May já disse não querer - obrigará o Reino Unido a permanecer na região por, pelo menos, um ano e a participar nas eleições, agendadas para maio.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI