Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bundesbank: Usar o BCE para financiar Estados seria "profundamente errado"

O presidente do banco central alemão, Jens Weidmann, acredita que o BCE não deve assumir o papel de um credor de último recurso e aumentar financiamento ao sistema financeiro para contrariar a crise orçamental.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 03 de Janeiro de 2012 às 12:28
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
Para o responsável do “Bundesbank”, a estratégia pode parecer apelativa para alguns países e para os bancos que detêm a dívida pública destes. No entanto, essa política ameaça a credibilidade das autoridades monetárias.

A hipótese “pode parecer tentadora para o países mais endividados e para os bancos que detêm as suas obrigações”, disse Jens Weidman, citado pela Bloomberg, num entrevista que deu esta manhã ao jornal alemão, Börsen.Zeitung.

“No entanto, o sistema monetário europeu estaria a deitar os seus princípios borda fora e estaria a ignorar o quadro legal existente. Isto seria um caminho profundamente errado” de lidar com a crise, defendeu.

Por isso, o responsável compromete-se a continuar a opor-se às medidas de expansão monetária e irá defender políticas sustentáveis no longo prazo, tanto no banco central alemão como no Conselho do BCE, de que é membro.

“O Bundesbank vai continuar, nos próximos meses e anos, a advogar a aderência da política monetária feita em Frankfurt (onde também se situa o BCE) aos seus princípios básicos” e defenderá “uma solução credível e sustentável para o problema da dívida”, disse Weidmann.

Ver comentários
Saber mais BCE Bundesbank Weidmann Zona Euro
Outras Notícias