Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Comissário Hogan apoia plano de Capoulas para financiar mais regadio no Alqueva

O comissário europeu da Agricultura, Phil Hogan, afirmou esta quinta-feira que apoia o plano do Governo para aumentar o regadio do Alqueva e mostrou-se confiante de que a candidatura ao financiamento comunitário será bem-sucedida.

Ministro da Agricultura - Capoulas Santos
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 09 de Junho de 2016 às 19:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Phil Hogan, que falava após a ligação simbólica do Alqueva ao perímetro de rega do Roxo, destacou a maneira profissional como a candidatura foi apresentada e "o conhecimento técnico" dos envolvidos que "sabem exactamente quais são os requisitos necessários" para angariar o financiamento do Banco Europeu de Investimento (BEI).

 

O comissário europeu assinalou que os fundos do Plano Juncker prevêem especificamente o apoio a projectos de investimento que promovam a criação de emprego nas áreas rurais e mostrou-se favorável aos investimentos em regadio porque não "se consegue desenvolver a agricultura sem investir em água e energia". "Confio que [o projecto] vai ser bem-sucedido e vou apoiar das formas que puder", garantiu.

 

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos (na foto), disse à margem da mesma cerimónia, que a candidatura para financiar mais 45 a 47 mil hectares de regadio do Alqueva vai ser apresentada ao BEI através da EDIA, a empresa que gere o Alqueva (já que só as empresas podem concorrer ao financiamento do Plano Juncker), e corresponde às principais preocupações da União Europeia, nomeadamente a criação de emprego.

 

"Estes 47 mil hectares vão criar 17 mil novos postos de trabalho, desde logo três mil na fase inicial", adiantou o governante, declarando que o projecto deve estar concluído até 2020. "Estou muito confiante no apoio da Comissão Europeia para este projecto" que tem um custo estimado entre 200 e 213 milhões de euros, salientou Capoulas Santos. 

Ver comentários
Saber mais Phil Hogan Alqueva Banco Europeu de Investimento Plano Juncker Capoulas Santos União Europeia agricultura
Outras Notícias