Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Constâncio defende maior união orçamental na Europa

Vítor Constâncio defende que a Europa precisa de uma maior integração orçamental mas rejeita que se esteja a caminhar para uns Estados Unidos da Europa.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 21 de Maio de 2012 às 17:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...
O vice-presidente do Banco Central Europeu defendeu que é "necessária uma maior união orçamental para que a união monetária funcione correctamente". "Para resolver todos os problemas [da Europa] precisamos de uma maior integração", sublinhou Constâncio durante um evento do Instituto de Regulação e Risco.

Apesar de defender uma maior integração orçamental, Constâncio rejeitou a hipótese da região estar a caminhar para uns Estados Unidos da Europa.

O vice-presidente do banco central referiu ainda que o BCE "necessita" de manter a sua política monetária não convencional, referindo-se às duas operações de financiamento à banca europeia. Um dia estas operações vão terminar "mas, certamente, não agora", garantiu Constâncio.

O responsável falou ainda sobre as expectativas de inflação e garantiu que estas deverão permanecer perto do limite de 2% definido pelo BCE durante os próximos 10 anos.
Ver comentários
Saber mais Vítor Constâncio BCE união orçamental Europa
Outras Notícias