Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desemprego deverá continuar em níveis recorde na Zona Euro

A recuperação da taxa de desemprego irá continuar a enfrentar “resistência” nos tempos que se avizinham. Taxa de desemprego na Zona Euro terá continuado em valores recorde em Agosto, nos 12,1%.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 30 de Setembro de 2013 às 18:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A União Europeia vai divulgar os dados sobre as taxas de desemprego esta terça-feira, sendo que de acordo com as estimativas dos economistas sondados pela Bloomberg, os níveis de desemprego nos 17 países do euro terá ficado nos 12,1%. A economista italiana Annamaria Grimaldi afirmou à “Bloomberg” que a “Europa enfrenta um nível elevado de desemprego estrutural e isso não vai mudar tão cedo”.

 

"A recuperação económica está a acontecer de forma dolorosamente lenta, e esta é uma das razões para que as taxas de desemprego continuem bem acima dos 11% pelo menos até 2015”, conclui a economista fixada em Milão.

 

Mario Draghi, presidente do banco Central Europeu, prevê que a economia europeia contraia 0,4% este ano, antes de crescer 1% no próximo ano. Draghi também explica estes números com a “modesta resposta da economia”.

 

Vários economistas contactados pela “Bloomberg” acreditam que a taxa de desemprego deverá atingir os 12,3% no final do quarto trimestre deste ano. O presidente do Banco Central Europeu insta os governos para que implementem “reformas estruturais decisivas” capazes de combater o desemprego.

 

Os níveis de desocupação deverão continuar de acordo com as estimativas da OCDE, que prevê, para Itália, uma taxa de desemprego de 12,5% em 2014. Espanha e Grécia, no entender da OCDE, deverão manter um desemprego acima dos 25% da população activa em 2014.   

 

Os dados relativos a Agosto serão publicados esta terça-feira pelo Eurostat às 10h00.

Ver comentários
Saber mais OCDE Desemprego Draghi
Outras Notícias