Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Economia britânica contrai 20,4% no segundo trimestre. É a maior queda da Europa

A economia britânica teve a maior contração da Europa no segundo trimestre, deste ano, em comparação com a queda de 2,2% do trimestre anterior.

Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 12 de Agosto de 2020 às 07:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A economia do Reino Unido sofreu uma contração maior do que qualquer outro país na Europa no segundo trimestre, com o PIB (produto interno bruto) a cair 20,4% em cadeia no período em análise, naquela que é a maior queda da história numa das maiores economias do "velho continente". 

Este valor segue a contração também registada nos primeiros três meses do ano de 2,2% e vai ao encontro da expectativa do consenso dos economistas questionados pela Reuters, que apontava para uma redução histórica de 20,5%.

Os serviços, a construção e a produção registaram quedas trimestrais recordes, principalmente nos setores mais expostos às restrições do governo, de acordo com o Office for National Statistics (ONS).

"A economia começou a recuperar em junho com a reabertura das lojas, as fábricas começaram a aumentar a produção e a construção de casas continua a recuperar", disse Jonathan Athow, da ONS, acrescentando que "apesar disso, o PIB em junho ainda permanece um sexto abaixo do nível de fevereiro, antes de o vírus atacar". Em junho o PIB aumentou 8,7% face a maio, sendo que os economistas apontavam para um crescimento de 8%.


O Governo de Boris Johnson é assim posto à prova, numa altura em que as discussões para ultimar os pormenores do divórcio do Brexit com a União Europeia continuam a revelar-se mal sucedidas. Caso não haja acordo até dezembro - a data limite do período de transição - ficarão muitas pontas soltas na relação económica entre ambos os lados.

Esta foi a maior contração económica em comparação com os pares europeus. Em Espanha, a maior queda registada entre os países da União Europeia, o PIB encolheu 18,5%. Nos Estados Unidos, a economia perdeu 9,5% no mesmo período.

A pandemia pressionou a prestação económica numa região que adiou o confinamento, face aos restantes países vizinhos. Atualmente, o Reino Unido tem o maior número de mortos registados devido ao coronavírus na Europa. As recentes subidas localizadas nas infeções aumentaram as preocupações sobre novos confinamentos.
Ver comentários
Saber mais Reino Unido Europa PIB ONS União Europeia economia negócios e finanças economia (geral) macroeconomia política conjuntura governo (sistema)
Mais lidas
Outras Notícias