Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro ganha perto de 1% depois de Draghi falar de sinais "incertos" de estabilização

Moeda única valoriza contra 13 das suas principais parceiras. Moeda estava já a avançar com os leilões positivos de Itália e Espanha mas alargou os ganhos depois do discurso do presidente do Banco Central Europeu.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 12 de Janeiro de 2012 às 15:44
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
O euro está a avançar perto de 1% em relação à moeda norte-americana e voltou a superar a barreira de 1,28 dólares. A impulsionar a apreciação da divisa está o discurso de Mario Draghi, depois de ter mantido os juros de referência para a Zona Euro em 1%.

A moeda única europeia soma 0,83% e está nos 1,2813 euros, depois de ter estado a transaccionar, esta semana, na casa dos 1,26 euros, tendo chegado a um mínimo de Setembro de 2010. O euro ganha terreno contra 13 das suas 16 principais congéneres.

O dia começou positivo para o euro, com os leilões de dívida em Espanha e Itália. Itália conseguiu que as rendibilidades exigidas pelos investidores no leilão de hoje fossem menos de metade das pedidas na última emissão comparável.

Da mesma forma, Espanha foi ao mercado de dívida primário colocou quase o dobro do montante previsto e ainda viu os custos de financiamento baixarem.

Contudo, o impulso positivo para o euro foi dado depois do discurso de Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu. Depois de anunciar a manutenção da taxa de juro de referência em 1%, o mínimo histórico, o italiano falou em sinais “incertos” de estabilização na região. Contudo, indicou que ainda há “riscos significativos” de recessão.


Ver comentários
Saber mais euro dólar câmbio euros dólares Crise da dívida Cimeira Europeia Zona Euro Mario Draghi Espanha Itália
Outras Notícias