Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo irlandês trava bónus em banco intervencionado

Dublin ameaçou não injectar mais fundos no Allied Irish Banks (AIB). A administração do banco recuou e diz que não levará por diante a intenção de pagar 40 milhões de euros em bónus aos seus funcionários.

Negócios negocios@negocios.pt 14 de Dezembro de 2010 às 09:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A iniciativa partiu do ministro irlandês das Finanças, Brian Lenihan (na foto), depois de a decisão do AIB ter gerado um coro de protestos, dentro e fora da Irlanda. O AIB é detido em 19% pelo Estado irlandês, depois de ter recebido apoios do Estado de 3,5 mil milhões de euros.

Para cumprir as exigências no quadro do plano de ajuda internacional à Irlanda, o banco deverá precisar de mais 5,26 mil milhões de euros, até Fevereiro, para reforçar os seus fundos próprios, fazendo com que a participação estatal no AIB passe para a casa dos 90%.


Ontem, o ministro das Finanças avisou que “a disponibilização da ajuda financeira solicitada pelo AIB está subordinada ao não pagamento dos prémios, independentemente do momento em que tenham sido decididas".

Face a esta advertência, o Conselho de Administração informou o Ministério das Finanças que tinha decidido "não proceder ao pagamento dos prémios".

A decisão de avançar com o pagamento de bónus surgiu depois de um dos traders do banco ter desafiado na justiça o AIB por não lhe ter pago os prémios prometidos desde 2008.


Ver comentários
Saber mais AIB bonus Governo Irlanda
Mais lidas
Outras Notícias