A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Intervenção do BCE alivia pressão na Zona Euro

Bolsas, euro e obrigações registaram ontem uma forte valorização, com a expectativa de que o Banco Central Europeu aumente a compra de dívida

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 02 de Dezembro de 2010 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os juros das obrigações dos países periféricos registaram ontem uma queda acentuada e as bolsas europeias dispararam, com a expectativa de que o BCE anuncie hoje um reforço do programa de compra de obrigações de dívida pública e mantenha o apoio à banca.

Os juros das obrigações portuguesas a 10 anos deslizaram 22,5 pontos base para 6,749%. Uma evolução acompanhada pela dívida espanhola, que desceu 21,6 pontos base para 5,287%.

Já os juros das "bunds" tiveram o comportamento inverso, subindo 11 pontos para 2,780%, com os investidores a saírem dos activos de refúgio, como a dívida alemã, e a apostarem em activos de maior risco, como as bolsas. Os índices europeus dispararam, com os ganhos a variarem entre os 1,63%, em Paris, e os 4,44%, em Madrid.

O ânimo dos investidores partiu da interpretação das declarações proferidas na véspera por Jean-Claude Trichet. O presidente do BCE disse que o programa de compra de dívida soberana está "a decorrer" e que a autoridade monetária vai"ver o que decide", recusando afastar a possibilidade de um reforço deste programa. Além das bolsas e das obrigações, também o euro esteve em alta, recuperando de mínimos de dez semanas contra o dólar.











logo_empresas

Ver comentários
Saber mais Banco Central Europeu euro obrigações Jean-Claude Trichet
Mais lidas
Outras Notícias