Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juros de Espanha caem para mínimos de Abril

A taxa de juro da dívida implícita na dívida espanhola a dois anos encontra-se abaixo dos 3% pela primeira vez desde Abril.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 12 de Janeiro de 2012 às 09:57
  • Partilhar artigo
  • ...
A taxa de juro de Espanha e de Itália está em queda antes dos dois países emitirem dívida pela primeira vez desde o início do ano, com os respectivos governos a testarem a recepção do mercado à sua dívida depois de terem aprovado medidas de austeridade.

A taxa de juro implícita na dívida espanhola com prazo de dois anos cai 16,6 pontos base para 2,930%. Esta é a primeira vez que a taxa recua aquém dos 3% desde Abril do ano passado, segundo a Bloomberg.

No prazo de cinco anos, os juros de Espanha caem 15,7 pontos base para 4,124% e na dívida a 10 anos recua 7,8 pontos base para 5,247%.

Já Itália vê a “yield” a dois anos cair 23,1 pontos base para 4,481% e a da dívida a cinco anos recuar 19,1 pontos base para 6,033%. Nas obrigações a 10 anos, a taxa de juro das obrigações cai 14,7 pontos base para 6,838%.

Espanha vai vender obrigações no valor de cinco mil milhões de euros e irá estrear uma nova emissão com maturidade a três anos. Já Itália vai vender 12 mil milhões de euros em dívida hoje e 4,75 mil milhões amanhã, já que Mario Monti tem de refinanciar 50 mil milhões de euros este trimestre.

“Espanha vai colocar bastante papel comercial e os italianos vão ter um resultado mais modesto”, disse o responsável por estratégia em activos de renda fixa do Crédit Agricole Corporate & Investment Bank, Luca Jellinek, à Bloomberg. “Esta tem sido a tendência e não tenho qualquer motivo para pensar que isto vai mudar”, acrescentou.

Ontem, o parlamento de Espanha aprovou as medidas de austeridade propostas por Mariano Rajoy, destinadas a poupar 15 mil milhões de euros em dívida. Já Itália aprovou um conjunto de medidas destinado a reduzir a dívida em 1,9 biliões de euros depois de uma reunião com Angela Merkel.

Ver comentários
Saber mais Europa Itália Espanha crise dívida
Outras Notícias