Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ministra do Trabalho alemã pede subida dos salários

"As empresas alemãs têm recebido benefícios substanciais", o que significa que os funcionários destas devem agora "ter a sua parte e sentir este aumento", afirmou Ursula von der Leyen.

Lusa 12 de Fevereiro de 2012 às 17:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
A ministra alemã do Trabalho disse, em entrevista publicada hoje no jornal Bild am Sonntag, que os salários no país deviam ser aumentados por uma questão de partilha do sucesso sentido pelas empresas.

Segundo a ministra Ursula von der Leyen, citada pela AFP, "as empresas alemãs têm recebido benefícios substanciais", o que significa que os funcionários destas devem agora "ter a sua parte e sentir este aumento", que não "deve ser absorvido de imediato pela inflação".

O sucesso "existe agora", afirmou a ministra do Trabalho, citada pela Associated Press, lembrando que os anos recentes têm sido de trabalho árduo e de contenção na Alemanha, o que levou a que as companhias alemãs tenham conseguido lucros significativos.

As declarações da ministra seguem-se à reivindicação pelo sindicato metalúrgico IG Metall de um aumento de salários para a indústria na ordem dos 6,5%, num sector que abrange cerca de 3,4 milhões de assalariados, segundo a AFP.

A ministra lembrou, ainda, que os aumentos salariais devem ser decididos pelos parceiros sociais, variando consoante o sector.

A inflação na Alemanha em 2011 fixou-se nos 2,5%, segundo informações do Eurostat, tendo sido de 1,2% no ano anterior, em ambos os casos abaixo das médias da União Europeia e da zona euro.

Ver comentários
Outras Notícias