Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Monti reitera que está disponível para continuar no cargo se não houver uma maioria

Monti afirmou em entrevista a uma publicação francesa que está disponível para permanecer no cargo, caso as eleições do próximo ano não produzam uma maioria capaz de governar.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 12 de Novembro de 2012 às 09:18
  • Partilhar artigo
  • ...
O primeiro-ministro italiano, Mário Monti, adiantou à revista francesa Politique Internationale que gostaria de ficar no seu cargo, caso nas legislativas de Abril de 2013 não se obtiver um governo de maioria.

“Se fosse necessário, eu continuaria”, disse o actual líder do Executivo italiano, em entrevista à publicação francesa, citado pela agência Bloomberg. A entrevista foi realizada em meados de Setembro.

Nomeado para liderar o governo italianano em Novembro de 2011, Mario Monti adiantou numa entrevista à Bloomberg que estaria disponível para servir o país novamente, caso fosse necessário.

“A Itália precisa voltar a um processo democrático normal e não há razão para que esta eleição não produza uma maioria capaz de governar”, argumentou o primeiro-ministro, acrescentando que, “se parecesse impossível formar uma maioria destas, eu ficaria”, concluiu Monti.

Ver comentários
Saber mais Mario Monti Itália política Europa
Outras Notícias