Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moody’s prevê recuperação económica mundial lenta até 2014

Um relatório da agência de notação aponta para uma recuperação económica lenta da economia global e uma estagnação do crescimento da economia da UE em 2013.

Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 12 de Novembro de 2012 às 13:15
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
A recuperação económica mundial será lenta, pelo menos, até 2014, de acordo com um relatório macroeconómico divulgado pela agência de notação financeira Moody’s.

O documento foca-se no período entre 2012 e 2014 e conclui que as medidas económicas estruturais necessárias para a recuperação da economia reflectir-se-ão de forma lenta, na economia, segundo o espanhol “El Economista”.

Os cenários apontados no relatório da Moody’s incluem uma recessão da economia da Zona Euro, maior do que o previsto e uma contracção do crédito na mesma região. Fora da UE, a agência de “rating” prevê que haja um excessivo ajuste orçamental nos EUA em 2013. O país deverá aplicar, já em Janeiro novas medidas para superar o “precipício orçamental”. No documento, a agência prevê também um aumento dos preços do petróleo, como consequência de problemas geopolíticos e nos principais mercados emergentes.

Collin Ellis, um dos responsáveis pela análise macrofinanceira da Moody’s explicou que esta revisão em baixa das perspectivas para a recuperação económica global deve-se “aos contínuos ajustes perante os desequilíbrios globais”.

Os países mais desenvolvidos do Grupo dos 20 (constituído pelas 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia) serão os únicos em que se poderá observar uma modesta recuperação, de acordo com o relatório da agência de notação, referido pelo “El Economista”.

A economia da Zona Euro deverá estagnar em 2013. As previsões para os países do G20, em geral, são de um crescimento de 2,7% em 2012, 3% em 2013 e 3,3% em 2014.
Ver comentários
Saber mais Moody's Zona Euro G20 agência de notação financeira
Outras Notícias