Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos diz que Bruxelas reconhece necessidade de medidas de curto prazo mas sem alterar rumo

O primeiro-ministro afirmou hoje em Bruxelas que os líderes europeus reconhecem a necessidade de se encontrar respostas também a curto prazo para atenuar as consequências da crise, mas prosseguindo as reformas estruturais e disciplina orçamental.

Lusa 15 de Março de 2013 às 00:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

Falando já de madrugada, depois da primeira sessão de trabalhos da cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE), que prosseguirá de manhã, e de uma reunião dos líderes da zona euro que se realizou a seguir, Passos Coelho indicou que, em ambas as reuniões de quinta-feira, foi feito um balanço daquilo que tem sido todo o processo de combate à crise, tendo sido consensual que, em primeiro lugar, os países devem prosseguir os seus esforços.

 

Passos Coelho disse que o Conselho também reconheceu a necessidade de se "encontrar respostas não apenas de médio e longo prazo, mas também de curto prazo de combate ao desemprego" e para fazer face às consequências sociais da crise.

 

Em suma, disse, o Conselho reafirmou "a sua preocupação com a necessidade de encontrar políticas de curto prazo que sirvam de algum modo de almofada para os efeitos mais negativos da crise", mas reafirmou também a "indispensabilidade de redução e controlo dos défices e continuação da agenda de reforma estrutural", o que está a ser feito em Portugal, "de forma muito positiva", mas com a consciência por parte do Governo de que, tal como noutros países, "demorará algum tempo" até que os resultados sejam visíveis.

Ver comentários
Saber mais Passos Coelho Bruxelas medidas de curto prazo disciplina orçamental
Mais lidas
Outras Notícias