Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regling confiante que alavancagem do FEEF pode quadruplicar

CEO do fundo de resgate de Portugal e Irlanda acredita que capacidade do fundo atingirá o bilião de euros, um montante suficiente para servir de "rede de protecção" a Itália e Espanha.

Rita Faria afaria@negocios.pt 19 de Janeiro de 2012 às 16:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Klaus Regling, CEO do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF), está confiante que a capacidade do fundo pode aumentar em quatro vezes, mesmo depois do corte da “rating” da Standard & Poor’s, de acordo com o seu porta-voz, Christof Roche.

Regling “tem a expectativa que os fundos do FEEF possam multiplicar-se por três ou por quatro”, afirmou Roche, citado pela Bloomberg. As opções para alavancar o fundo serão apresentadas “em breve”.

Actualmente com cerca de 250 mil milhões de euros de responsabilidades garantidas – o fundo tem uma capacidade no valor de 440 mil milhões de euros – quadruplicar a sua capacidade significava atingir um montante na ordem do bilião de euros, capaz de proteger Espanha e Itália em caso de necessidade.

“Um bilião de euros de poder de alavancagem é um número mágico capaz de restaurar a confiança no fundo”, afirma Thomas Costerg, economista no Standard Chartered Bank, em Londres, citado pela Bloomberg. “Qualquer evidência de que o fundo tem o poder de ajudar Espanha ou Itália será vista de forma positiva pelo mercado”.

No entanto, a ideia de Regling não é nova. Na última cimeira europeia, em finais de Outubro, foi proposto um reforço deste fundo de resgate, para 1 bilião de euros, mas a ideia arrefeceu com as pontas soltas que ficaram por resolver, uma vez que não houve acordo sobre como é que poderia proceder-se a esse aumento de capacidade financeira.
Ver comentários
Saber mais Klaus Regling FEEF fundo de resgate Europa
Mais lidas
Outras Notícias