Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sabine Lautenschläger demite-se do BCE. Abandona cargo a 31 de outubro

A alemã Sabine Lautenschläger demitiu-se de membro do conselho executivo do BCE e de vice-presidente do conselho de supervisão do Mecanismo Único de Supervisão.

Bloomberg
Tiago Varzim tiagovarzim@negocios.pt 25 de Setembro de 2019 às 19:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A alemã Sabine Lautenschläger demitiu-se esta quarta-feira, 25 de setembro, dos cargos de membro do conselho executivo do Banco Central Europeu (BCE) e de vice-presidente do conselho de supervisão do Mecanismo Único de Supervisão.

De acordo com um curto comunicado do BCE enviado às redações, Sabine Lautenschläger informou hoje o presidente do BCE, Mario Draghi, de que se vai demitir. A alemã vai abandonar o cargo a partir de 31 de outubro, o último dia de Draghi à frente da autoridade monetária europeia. 

Não é apresentada qualquer razão para esta saída prematura. Questionada pelo Negócios, a assessoria de comunicação do banco central afirmou que não fará mais comentários além do que está no comunicado.

Dado que Sabine Lautenschläger entrou no conselho executivo do BCE a 27 de janeiro de 2014 e o mandato dura oito anos (não renováveis), esta só abandonaria o cargo em 2022.

"O presidente Mario Draghi agradeceu-lhe pelo seu papel fundamental por ter ajudado a construir a supervisão bancária por toda a Europa, um pilar-chave da União Bancária, assim como pelo seu compromisso inabalável com a Europa", lê-se no comunicado divulgado pelo banco central da Zona Euro.

Esta demissão deverá desencadear a abertura de um novo processo de substituição em breve. Atualmente está em curso o processo de substituição de Benoit Coeuré, em que apenas há um candidato, o italiano Fabio Panetta

O processo de sucessão de Sabine Lautenschläger começa no Eurogrupo com o presidente Mário Centeno a abrir o processo de candidaturas por parte dos países da Zona Euro.

No ano passado, o conselho de supervisão do Mecanismo Único de Supervisão viu o seu presidente mudar da francesa Danièle Nouy para o italiano Andrea Enria.

Antes de ter chegado ao BCE, Sabine Lautenschläger era vice-presidente do Bundesbank (o banco central alemão).
Ver comentários
Saber mais Sabine Lautenschläger Banco Central Europeu BCE Mario Draghi
Mais lidas
Outras Notícias