Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sarkozy quer reduzir os custos laborais

O Presidente francês quer reduzir os custos do trabalho para evitar que o número de empresas a deslocalizarem-se aumente.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 19 de Janeiro de 2012 às 11:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Nicolas Sarkozy (na foto), presidente francês, assumiu hoje que os custos do trabalho são muito elevados. Por isso, e falando numa fábrica próxima de Lion, Sarkozy pediu aos trabalhadores que aceitem passar os encargos com os salários para outras formas de tributação.

Neste sentido, e citado pela Bloomberg, o presidente de França deixou o alerta à população: “se não alterarmos a forma como pagamos a nossa Segurança Social, as deslocalizações vão continuar”. O presidente gaulês defendeu ainda que “temos que continuar a ter produção em França”.

Durante a sua intervenção, Sarkozy recordou ainda que o seu país não pode ter custos de trabalho mais elevados que a própria Alemanha e revelou que vai apresentar propostas que visem uma redução dos custos laborais até ao final deste mês, de acordo com a mesma fonte.

Já ontem, surgiram notícias que davam conta que Sarkozy se tinha comprometido com um pacote de reformas, avaliado em 430 milhões de euros, para promover a criação de emprego. Entre as medidas a anunciar poderá estar a redução dos impostos para as pequenas empresas que contratem trabalhadores jovens.

Ver comentários
Saber mais França custos laborais Sarkozy deslocalização
Mais lidas
Outras Notícias