Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Solução para a Grécia pode ser adiada devido a falta de acordo entre ministros

Eurogrupo volta a reunir do Domingo, mas ministros podem precisar de mais tempo para chegar a um consenso. O euro está a ser penalizado pelo impasse.

Negócios negocios@negocios.pt 15 de Junho de 2011 às 07:48
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
Os ministros das Finanças continuam sem chegar a um entendimento para encontrar uma solução para Grécia que envolva os investidores privados sem originar um evento que possa ser considerado um “default”, tal como teme o Banco Central Europeu.

À entrada da reunião de ontem os ministros das Finanças europeus já alertavam que o dia não era para chegar a uma solução final, mas antes para discutir medidas. Contudo, de acordo com fontes citadas pelas agências internacionais, continua a existir divergências em qual será o modelo a adoptar.

Os ministros decidiram efectuar nova reunião no Domingo, mas de acordo com a Bloomberg, o modelo do reforço da ajuda à Grécia poderá não ficar fechado na próxima semana. O ministro das Finanças do Luxemburgo, de acordo com a Bloomberg, admitiu que as negociações podem prolongar-se para Julho.

Este impasse no segundo resgate à Grécia surge numa altura em que os mercados continuam a penalizar a dívida dos países periféricos. Os juros da dívida pública portuguesa têm atingido recordes nas últimas sessões.

O euro está também a ser penalizado, com a moeda única a descer 0,33% para 1,4392 euros.


A Alemanha e outros países do euro continuam intransigentes no envolvimento dos investidores privados no reforço do apoio financeiro, enquanto o BCE alerta que se os investidores privados forem forçados a participar, tal representará um “default” para a Grécia.

Didier Reynders afirmou aos jornalistas, em Bruxelas, que a nova ajuda à Grécia pode totalizar 80 mil milhões de euros. Sem explicar como, o ministro belga revelou que os investidores privados devem participar com 25 mil milhões de euros.



Ver comentários
Outras Notícias