Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UE é cada vez mais sinónimo de desemprego em Portugal

Os portugueses (ainda) não são eurocépticos, mas longe vão os dias em que figuravam no pódio do euro-entusiasmo.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 22 de Fevereiro de 2011 às 11:13
O último Eurobarómetro, hoje divulgado pela Comissão Europeia, revela que, no espaço de um ano, a confiança dos portugueses na União Europeia caiu 12 pontos percentuais (a terceira maior descida entre os Vinte Sete).

O seu significado é ampliado quando cruzado com outra tendência: quando questionados sobre o que significa a UE, uma proporção crescente (29%) responde "desemprego" - o que é mais do dobro da média europeia (14%).

Muito possivelmente esta associação está relacionada com as medidas de austeridade exigidas pela Europa no rescaldo da crise da dívida soberana, com as quais boa parte dos portugueses não concorda.

Quase metade (48%) é da opinião que se deveria permitir o aumento dos défices públicos para criar empregos num contexto da crise económica. Ainda assim, quase metade também (49%) considera que o euro atenuou os efeitos da crise económica.


Ver comentários
Saber mais Eurobarometro portugueses UE desemprego défice
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio