União Europeia Autoridades alemãs realizam mais de 20 buscas por suspeitas de fuga ao fisco

Autoridades alemãs realizam mais de 20 buscas por suspeitas de fuga ao fisco

Seis meses depois de o Deutsche Bank ter sido alvo de buscas por suspeitas de envolvimento em lavagem de dinheiro, as autoridades alemãs realizaram hoje buscas a mais de 20 escritórios de bancos, consultores fiscais e empresas de gestão de ativos.
Autoridades alemãs realizam mais de 20 buscas por suspeitas de fuga ao fisco
Michele Tantussi
Negócios 15 de maio de 2019 às 13:15

As autoridades alemãs realizaram uma série de buscas esta quarta-feira, no âmbito das investigações de fuga ao fisco que já tinham originado buscas ao Deutsche Bank em novembro.

 

As investigações têm, segundo a Bloomberg, oito alvos individuais e motivaram buscas a mais de 20 escritórios de bancos, consultores fiscais e empresas de gestão de ativos. O Ministério Público não deu pormenores sobre os cidadãos,os bancos ou as outras entidades que foram investigadas.

 

As autoridades adiantaram que no final das investigações darão mais pormenores sobre este processo, cujas suspeitas apontam para evasão fiscal.

 

Ainda assim, já se sabe que houve 11 instituições financeiras alvo de buscas, seis empresas de gestão de ativos, quatro consultores fiscais, bem como as casas dos oito clientes que estão a ser investigados.

 

Estas investigações estão relacionadas com as buscas realizadas ao Deutsche Bank, em novembro, e que tiveram como base as suspeitas de envolvimento desta instituição em lavagem de dinheiro.

 

Estas suspeitas de lavagem de dinheiro resultam da divulgação dos chamados Panama Papers, em 2016, ainda que as investigações ao Deutsche Bank se refiram ao período entre 2013 e 2018.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI