Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bersani encontra-se esta tarde com Napolitano para apresentar resultados das conversações com partidos políticos

O líder do centro-esquerda necessita de reunir uma maioria parlamentar, até às 18 horas desta tarde, para poder formar o novo Governo de Itália. A imprensa italiana aponta Grasso como próximo candidato a negociações caso Bersani falhe.

Inês Balreira inesbalreira@negocios.pt 28 de Março de 2013 às 16:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A reunião entre o líder do Partido Democrático (PD) e o presidente de Itália está agendada para as 18 horas (17 horas em Portugal) desta quinta-feira em Roma. Bersani vai apresentar os resultados da semana de conversações que teve com as outras forças políticas com o intuito de conquistar uma maioria parlamentar que lhe permita formar Governo.

 

Contudo, ao fim de uma semana de negociações, Bersani não deu a conhecer qualquer acordo com deputados de outros partidos políticos. O movimento de Beppe Grillo recusou as condições do líder do PD para a formação do novo Executivo italiano, reiterando que não vai conferir o voto de confiança a nenhum dos grandes partidos, culpando-os pela crise social e económica que o país atravessa.

 

Também o partido de Berlusconi, que detém a maioria no Senado, recusou as condições de Bersani, afirmando que só apoiará o líder do PD num Governo de coligação. Porém, Bersani afastou já várias vezes a ideia de coligação com Berlusconi.

 

Bersani fica, assim, sem muita margem de manobra, uma vez que a reunião com Giorgio Napolitano acontece dentro de horas e o presidente de Itália apenas mandatará Bersani para a formação do novo Governo caso este reúna uma maioria.

 

Segundo a Bloomberg, fontes do PD afirmam que Bersani poderá ainda conseguir o apoio de que necessita para a formação de Governo. “Consideramos que ainda há tempo para resolver, de forma positiva, este impasse”, considera Luigi Zanda, líder do partido no Senado. “Acontece frequentemente que os assuntos mais delicados sejam resolvidos no último minuto”, afirma.

 

Os analistas consideram que, caso Bersani não seja bem sucedido na sua causa, não será necessário novas eleições. “Se Bersani falhar em formar novo Governo, o que é o mais provável neste momento, não significa que Itália vá a novas eleições o mais breve possível”, diz Roberto Perli, director de gestão no International Strategy & Investment Group, citado pela Bloomberg. “Ness caso, o presidente italiano mandatará outra pessoa e as negociações vão continuar”, afirma Perli.

 

A imprensa italiana aponta Piero Grasso, lídero do Senado italiano, como possível candidato para tentar formar o próximo Executivo de Itália caso Bersani falhe.

Ver comentários
Saber mais Itália Napolitano Bersani Berlusconi Grillo Grasso eleições italianas
Mais lidas
Outras Notícias