União Europeia Brexit: Campanha suspensa após ataque a deputada pró-UE

Brexit: Campanha suspensa após ataque a deputada pró-UE

A deputada trabalhista Jo Cox foi atingida a tiro em Birstall, no norte de Inglaterra, e está em estado crítico num hospital de Leeds.
Brexit: Campanha suspensa após ataque a deputada pró-UE
reuters
Lusa 16 de junho de 2016 às 15:20
A campanha pela permanência do Reino Unido da União Europeia no referendo de quinta-feira suspendeu as atividades previstas para hoje na sequência do ataque à deputada trabalhista Jo Cox (na foto), atingida a tiro.

"Suspendemos todas as acções de campanha para o resto do dia. Os nossos pensamentos estão com Jo Cox e com a sua família", lê-se numa mensagem divulgada na conta na rede social Twitter da campanha "Stronger In".

O primeiro-ministro, David Cameron, também decidiu suspender a acção de campanha que tinha prevista para hoje em Gibraltar. "É verdade que toda a campanha foi cancelada depis do terrível ataque a Jo Cox. Não estarei presente na campanha esta noite em Gibraltar", afirmou.

Jo Cox, 41 anos, foi ferida a tiro hoje em Birstall, no norte de Inglaterra, e está em estado crítico num hospital de Leeds.

Segundo o jornal The Guardian, a campanha pela saída do país da UE ('Brexit') também decidiu suspender a campanha por hoje.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI