União Europeia Excedente externo da UE cai para 14 mil milhões de euros em Janeiro

Excedente externo da UE cai para 14 mil milhões de euros em Janeiro

Considerando os 28 Estados-membros da União Europeia, França atingiu o maior défice externo em Janeiro (4,47 mil milhões de euros) e a Alemanha o maior excedente (13,23 mil milhões de euros).
Excedente externo da UE cai para 14 mil milhões de euros em Janeiro
Bruno Simão
Negócios 21 de março de 2016 às 11:05

A conta corrente da balança de pagamentos da União Europeia registou um excedente de 14,3 mil milhões de euros em Janeiro deste ano, revela o Eurostat esta segunda-feira, 21 de Março.

 

Este valor representa um decréscimo face ao excedente de 17 mil milhões de euros fixado no mês anterior (Dezembro de 2015) e de 21,4 mil milhões de euros do período homólogo (Janeiro de 2015).

 

No primeiro mês deste ano, o excedente da balança de bens cresceu 13 mil milhões de euros em relação a Dezembro, e o défice da conta de rendimentos secundários desceu sete mil milhões de euros.

 

Considerando os 12 meses até Janeiro, a conta corrente da balança de pagamentos da União Europeia atingiu um excedente de 181,2 mil milhões de euros, um aumento face aos 138,2 mil milhões de euros correspondentes ao período homólogo. Tanto a balança de bens como a de serviços cresceram (116,7 e 154,8 mil milhões de euros, respectivamente).

 

Segundo os dados do Eurostat, Portugal atingiu um défice externo de 160 milhões de euros em Janeiro, inferior aos 400 milhões observados em Dezembro de 2015 e aos 330 milhões de Janeiro de 2015.

 

Entre os vários Estados-membros da União Europeia, França atingiu o maior défice externo em Janeiro (4,47 mil milhões de euros) e a Alemanha o maior excedente (13,23 mil milhões de euros).  




pub

Marketing Automation certified by E-GOI