Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Falta de cola em envelopes obriga a adiar repetição das presidenciais na Áustria

Um "defeito de fabrico" nos boletins do voto por correspondência, muito utilizado naquele país, fazia com que os envelopes se abrissem por falta de cola. O acto eleitoral acontecerá a 4 de Dezembro.

Em terceiro está a Áustria.
Negócios com Lusa 12 de Setembro de 2016 às 11:21
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
O Governo da Áustria anunciou esta segunda-feira, 12 de Setembro, que vai pedir ao Parlamento o adiamento da repetição das eleições presidenciais, prevista para 2 de Outubro, devido a um defeito de fabrico dos boletins de voto.

"Vamos pedir ao Parlamento que aprove o adiamento da eleição", disse o ministro do Interior, Wofgang Sobotka.

A votação vai realizar-se a 4 de Dezembro, confirmou o Ministério do Interior à Reuters, depois de também a data de 27 de Novembro ter sido avançada como possível.

A decisão era esperada há vários dias devido à descoberta de um "defeito de fabrico" nos boletins do voto por correspondência, muito utilizado na Áustria, que fazia com que os envelopes se abrissem por falta de cola.

"Este problema de produção não nos permite garantir que o escrutínio decorre sem falhas do ponto de vista jurídico", disse o ministro, apresentando as desculpas do Governo aos eleitores e aos candidatos.

A votação é uma repetição da segunda volta das presidenciais, realizada a 22 de maio, invalidada por irregularidades no processo de contagem dos votos por correio.

A eleição foi vencida pelo ecologista Van der Bellen com uma escassa vantagem de 31.000 votos sobre o candidato da extrema-direita Norbert Hofer, cujo partido, FPÖ, pediu a anulação do resultado.
Ver comentários
Saber mais Governo da Áustria Parlamento política governo (sistema)
Outras Notícias