União Europeia Grupo Pestana receia impactos do Brexit no fluxo de turistas

Grupo Pestana receia impactos do Brexit no fluxo de turistas

O grupo português que detém um hotel em Londres não está preocupado com o efeito da saída do Reino Unido da União Europeia nos investimentos que tem no país, mas sim com o aumento dos preços em euros para aquele mercado.
Grupo Pestana receia impactos do Brexit no fluxo de turistas
Bruno Simão
Maria João Babo 24 de junho de 2016 às 19:56

O grupo Pestana, que detém em Londres o Pestana Chelsea Bridge Hotel & Spa, manifesta "preocupação com esta saída do Reino Unido da União Europeia", antevendo que venha a criar "perturbações e alguma instabilidade".

"Temos investimentos em Inglaterra e o nosso principal mercado de origem de turistas é o Reino Unido", sublinhou José Theotónio, presidente executivo do Pestana Hotel Group, ao Negócios, acrescentando estar a acompanhar o Brexit.

O gestor diz, contudo, acreditar que "a prazo, o Reino Unido e a União Europeia encontrarão um modelo de relacionamento que será proveitoso para todos", caso contrário, "haverá muito a perder para as populações e empresas dos países europeus, incluindo o próprio Reino Unido", frisou.

Em termos de impactos na actividade do grupo, o responsável explicou que a desvalorização da libra, no caso particular do grupo Pestana, "não é um factor de preocupação na questão dos investimentos em Inglaterra dado que existe um hedging natural entre o financiamento e as receitas/EBITDA gerado em libras".

No entanto, acrescentou o CEO, é uma preocupação "pelo aumento do preço dos produtos e serviços em euros para o mercado do Reino Unido". "Isso sim pode prejudicar no nosso caso concreto o fluxo de turistas que chegam a Portugal", reconheceu José Theotónio.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI