Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lagarde: FMI subestimou a força da economia britânica e falhou as previsões

Christine Lagarde reconhece que as políticas seguidas pelo Governo do Reino Unido estão a dar resultado, e que o FMI subestimou a economia britânica quando alertou para os perigos dos cortes orçamentais.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 09 de Junho de 2014 às 09:12
  • Partilhar artigo
  • 20
  • ...

Christine Lagarde, directora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), reconhece que a instituição subestimou a força da economia britânica quando alertou o Governo do Reino Unido para a austeridade das suas políticas.

 

"Errámos", admitiu Lagarde, em entrevista à BBC no domingo, 8 de Junho. "Reconhecemos isso. A confiança resultante da política económica adoptada pelo Governo surpreendeu muitos de nós".

 

Um ano depois de o economista-chefe do FMI, Oliver Blanchard, ter dito que os cortes orçamentais do Reino Unido se arriscavam a "brincar com o fogo", a instituição previu, em Abril, que a economia britânica deverá crescer 2,9% este ano.

 

"Dissemos, claramente, que subestimámos o crescimento do Reino Unido e que o desenvolvimento económico prova que as nossas previsões estavam erradas", reconheceu a responsável, na entrevista à BBC, citada pela Bloomberg.

 

Lagarde garantiu ainda que as perspectivas do FMI para o Reino Unido são agora "mais sustentáveis" e, distanciando-se da posição da Comissão Europeia, que pede impostos mais elevados nas terras de Sua Majestade, afirmou que o FMI "não vê uma subida massiva dos impostos como recomendável".

Ver comentários
Saber mais Christine Lagarde Fundo Monetário Internacional Reino Unido Comissão Europeia economia negócios e finanças macroeconomia
Outras Notícias