União Europeia O que eles já disseram sobre o Brexit

O que eles já disseram sobre o Brexit

Na terça-feira há mais um dia D do Brexit, com os deputados britânicos a votarem um acordo reformulado. Oportunidade para passar em revista o que os protagonistas já disseram sobre o adeus do Reino Unido à União Europeia.
O que eles já disseram sobre o Brexit
Reuters
Lusa 10 de março de 2019 às 12:14

Os deputados do Reino Unido votam na terça-feira um acordo reformulado para o 'Brexit', mas o resultado continua incerto. Leia o que os protagonistas disseram desde que o acordo de saída foi rejeitado pelo Parlamento britânico, a 15 de janeiro

 

"É uma derrota catastrófica para este Governo."

 

Jeremy Corbyn, líder do partido Trabalhista britânico, após a rejeição do Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia no parlamento

 

15-01-2019

 

"É claro que a Câmara não apoia este acordo. Mas o voto desta noite não nos diz nada sobre o que ele suporta. Nada sobre como, ou mesmo se, pretende honrar a decisão tomada pelo povo britânico num referendo que o Parlamento decidiu realizar."

 

Theresa May, primeira-ministra britânica

 

15-01-2019

 

"O risco de uma saída desordenada do Reino Unido aumentou com o voto de hoje à noite."

 

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

 

15-01-2019

 

"Se um acordo [sobre o ‘Brexit’] é impossível, e ninguém quer um ‘não acordo’, então quem terá finalmente a coragem de dizer qual é a única solução positiva?"

 

Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu

 

Twitter, 15-01-2019

 

"Esperamos que o Governo britânico diga quais são as suas intenções o mais brevemente possível, porque cria-se assim um impasse."

 

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal

 

Lusa, 15-01-2019

 

"O resultado da votação do ‘Brexit’ é uma má notícia. O nosso primeiro pensamento está com os 3,6 milhões de cidadãos europeus que residem no Reino Unido e de britânicos que vivem na União Europeia."

 

Antonio Tajani, presidente do Parlamento Europeu

 

15-01-2019

 

"Uma derrota histórica para a primeira-ministra [Theresa May] e foi óbvio durante meses que se avizinhava. Perdeu-se bastante tempo."

 

Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia

 

Twitter, 15-01-2019

 

"É um dia amargo para a Europa. Um ‘Brexit’ sem acordo é a pior de todas as hipóteses para a União Europeia, mas sobretudo para o Reino Unido."

 

Olaf Scholz, vice-chanceler e ministro das Finanças alemão

 

Twitter, 15-01-2019

 

"Lamentavelmente, o resultado da votação de hoje aumenta o risco de um ‘Brexit’ desordenado."

 

Comunicado do Governo irlandês

 

15-01-2019

 

"Estamos (…) a 10 semanas apenas (…) do momento escolhido pelo Governo britânico para se tornar um país terceiro. E hoje, a 10 semanas dessa data, jamais o risco de um 'não acordo' foi tão elevado."

 

Michel Barnier, negociador-chefe da União Europeia para o 'Brexit'

 

16-01-2019

 

"Lamento muito que a Câmara dos Comuns britânica tenha rejeitado o acordo. Nós queremos que os danos, e haverá em todos os casos, sejam os menores possíveis."

 

Angela Merkel, chanceler alemã

 

16-01-2019

 

O ‘Brexit’ é uma desgraça."

 

Pedro Sánchez, primeiro-ministro espanhol

 

16-01-2019

 

"O tempo está quase a esgotar-se (…) e, de momento, não há mais que possamos fazer. Aguardamos que o Reino Unido diga quais serão os próximos passos."

 

Margaritis Schinas, porta-voz da Comissão Europeia

 

16-01-2019

 

"Não iremos dizer nada e não dizemos nada sobre o ‘Brexit’, embora alguns digam que esfregamos as mãos de contentamento. Nada disso."

 

Sergei Lavrov, chefe da diplomacia russa

 

16-01-2019


 

"Esta noite, o Governo ganhou a confiança do Parlamento [ao vencer a moção de censura apresentada pelo Partido Trabalhista] (…). É agora chegado o momento de pôr os interesses individuais de lado."

 

Theresa May

 

16-01-2019

 

"O contexto é grave e o tempo limitado. O relógio está a contar."

 

Michel Barnier, após um encontro com o primeiro-ministro português, António Costa

 

17-01-2019

 

"Evidentemente que se o Reino Unido alterar as suas condições, haverá naturalmente espaço ao reexame dos termos do acordo. As linhas vermelhas da UE não são reversíveis."

 

Augusto Santos Silva

 

21-01-2019

 

"No que diz respeito ao ‘backstop' [cláusula de salvaguarda do acordo do 'Brexit' para a fronteira irlandesa], apesar das mudanças que previamente conseguimos, restam duas questões fundamentais: o medo de que possamos ficar presos nela permanentemente; e preocupações sobre o seu impacto potencial na nossa União se a Irlanda do Norte for tratada de forma diferente do resto do Reino Unido."

 

Theresa May

 

21-01-2019

 

"Há limites naquilo que podemos aceitar. Para nós, o ‘backstop’ para ilha da Irlanda não é negociável. Não há renegociação possível do acordo de saída."

 

Guy Verhofstadt, coordenador do Parlamento Europeu para o ‘Brexit’

 

22-01-2019

 

"É difícil tratar o Reino Unido como terceiro país [não membro da UE], mas acredite que estamos a preparar-nos para o fazer."

 

Mário Centeno, presidente do Eurogrupo

 

Bloomberg, 23-01-2019

 

"Na nossa procura por novas respostas nos tempos modernos, eu prefiro os resultados comprovados, gosto de falar com respeito e respeitar os diferentes pontos de vista para se encontrar um consenso e sem nunca esquecer de dar algum espaço."

 

Rainha Isabel II

 

25-01-2019

 

"Considero que há uma ilusão que não se deve desenvolver no Reino Unido no sentido de se pretender transferir para a Europa problemas políticos internos. Essa não é uma boa solução."

 

António Costa, primeiro-ministro português

 

29-01-2019

 

"O acordo de saída é e continua a ser a melhor forma de assegurar uma saída ordenada do Reino Unido da União Europeia. O ‘backstop’ integra o acordo de saída e o acordo de saída não é renegociável."

 

Comunicado do Conselho Europeu

 

29-01-2019

 

"Foi-nos dito que o ‘backstop' estava lá para proteger o processo de paz, mas esta noite o partido Conservador arrasou na prática o acordo da Sexta-feira Santa."

 

Ian Blackford, líder parlamentar do Partido Nacionalista Escocês, após uma maioria de deputados ter aprovado uma proposta exige a substituição do chamado ‘backstop' por "disposições alternativas"

 

29-01-2019

 

"Tenho-me questionado como será o lugar especial no inferno reservado àqueles que promoveram o ‘Brexit’ sem terem sequer um esboço de um plano para realizá-lo em segurança."

 

Donald Tusk

 

06-02-2019

 

"O homem não tem maneiras. É extremamente lamentável, não ajuda de todo."

 

Andrea Leadsom, ministra para os Assuntos Parlamentares britânica, respondendo a Donald Tusk

 

BBC, 06-02-2019

 

"[Donald Tusk é um] euromaníaco diabólico. Mostrou mais uma vez desprezo pelas 17,4 milhões de pessoas que votaram para fugir à corrupção da UE e procurar o paraíso de um Reino livre e próspero."

 

Sammy Wilson, líder parlamentar do Partido Democrata Unionista

 

Twitter, 06-02-2019

 

"Foi uma reunião produtiva, mas estamos muito preocupados. Arriscamos uma catástrofe económica e humana, esta é a realidade no caso de um 'Brexit' sem acordo. Uma saída desordenada é uma solução muito perigosa."

 

Antonio Tajani, após um encontro com Theresa May

 

07-02-2019

 

"Se o Reino Unido sair da União Europeia de uma forma muito disruptiva, seguramente podemos dizer que será mau, mas é muito difícil indicar números precisos sobre quão mau seria para o Reino Unido."

 

Robert Chote, presidente do Gabinete de Responsabilidade Orçamental britânico

 

Lusa, 08-02-2019

 

"Um reino desunido é uma realidade mais atual do que um Reino Unido. (…) A posição dos 'Brexiteers' [defensores do 'Brexit' mais acérrimos] hoje para resumir numa frase é: Não. Não, não e não. Não há propostas alternativas deles. São, de facto, os mesmos protagonistas do 'Brexit' e um não-acordo que não têm a coragem de colocar a questão no voto dos cidadãos."

 

Xavier Bettel, primeiro-ministro do Luxemburgo

 

11-02-2019

 

"O voto de hoje [na Câmara dos Comuns] mostra que não existe maioria para a estratégia da primeira-ministra para o 'Brexit'. Mais uma vez, o governo foi derrotado. O governo não pode continuar a ignorar o parlamento ou a avançar para 29 de março sem um plano coerente."

 

Jeremy Corbyn

 

14-02-2019

 

"O meu aviso é: Não sigam os populistas e os extremistas na União europeia. Podemos ver o que acontece quando seguimos os populistas no caso britânico."

 

Manfred Weber, candidato do Partido Popular Europeu à presidência da Comissão Europeia

 

15-01-2019

 

"Acredite, assim que houver uma câmara na fronteira [entre a Irlanda e a Irlanda do Norte], a minoria que nunca aceitou o acordo de paz vai questionar porque foi ali posta. Depois, talvez tentem explodir a câmara, depois virá a polícia investigar quem tentou explodir a câmara, depois talvez tentem atacar a polícia. É muito fácil imaginar uma situação assim."

 

Orla Tunney, embaixadora da Irlanda

 

Lusa, 16-02-2019

 

"Independentemente de haver ou não acordo sobre o ‘Brexit’, o Reino Unido já decidiu que os direitos dos cidadãos europeus vivendo no Reino Unido a 29 de março de 2019, data do Brexit, serão integralmente respeitados nos termos que haviam sido negociados."

 

Augusto Santos Silva

 

18-02-2019

 

"Se o 'não acordo' acontecer, o que é algo que neste momento não podemos excluir, isso terá terríveis consequências sociais e económicas tanto no Reino Unido como na União Europeia."

 

Jean-Claude Junker

 

21-02-2019

 

"Um 'Brexit' desordenado será mau, mau, mau para o Reino Unido, para a Europa e para a Irlanda. Não podemos neutralizar todos os danos que vai causar, mas estamos a fazer tudo o que podemos."

 

Simon Coveney, ministro dos Negócios Estrangeiros irlandês

 

22-02-2019

 

"As vozes que reclamavam a saída do euro têm vindo a esmorecer - são exemplos a Frente Nacional em França, a Liga do Norte em Itália e em Portugal o Partido Comunista e o Bloco de Esquerda. O drama do ‘Brexit’ e a evidência das dificuldades e custos para os britânicos têm-lhes servido de exemplo."

 

Cavaco Silva, ex-Presidente da República de Portugal

 

22-02-2019

 

"O ‘Brexit’ obviamente será sempre um grande problema na UE, não vale a pena tentar minorar a ideia de que podemos ter ‘Brexit’ sem que isso seja um problema."

 

António Costa

 

24-02-2019

 

"É óbvio que não há uma maioria na Câmara dos Comuns para aprovar o acordo. Acredito que, na situação em que estamos, um prolongamento seria uma solução racional."

 

Donald Tusk

 

25-02-2019

 

"O Reino Unido só sairá sem acordo em 29 de março se houver consentimento explícito nesta Câmara para esse resultado."

 

Theresa May

 

26-02-2019

 

"Se de alguma forma [o acordo] passar, acreditamos que deve haver uma votação pública de confirmação para ver se as pessoas sentem que é isso que elas votaram."

 

Jeremy Corbyn

 

26-02-2019

 

"Se a decisão soberana do Reino Unido for sair, lamentamos, respeitamos e negociamos a saída. Se for continuar por mais algum tempo, ficamos satisfeitos. Se a decisão do Reino Unido for ficar duradouramente na UE, ficamos muito satisfeitos."

 

António Costa

 

26-02-2019

 

"Não escondo que fiquei satisfeito [com um eventual adiamento do processo de saída o Reino Unido da União Europeia]."

 

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República de Portugal

 

26-02-2019

 

"Prolongar a incerteza, com uma extensão dos prazos, não é uma alternativa razoável nem desejável."

 

Pedro Sánchez

 

27-02-2019

 

"O acordo de saída não pode ser renegociado. Se os britânicos querem mais tempo, podemos examinar um pedido de adiamento, mas somente se for justificado por novas propostas."

 

Emmanuel Macron, presidente francês

 

27-02-2019

 

"Se o Reino Unido quer mais tempo, nós não nos oporemos, mas sabendo que o objetivo é encontrar uma saída ordenada."

 

Angela Merkel

 

27-02-2019

 

"Um ‘Brexit’ desordenado também afetará Portugal."

 

Christine Lagarde, diretora-geral do FMI

 

01-03-2019

 

"Um dos posters mais poderosos da campanha a favor do 'Brexit' foi um que mostrava uma fila interminável de refugiados, a dizer: ‘A UE falhou’. Não quero entrar na questão, mas como político, vou dizer que penso que os políticos do Reino Unido são cobardes por não permitirem um segundo referendo."

 

Al Gore, ex-vice-Presidente dos Estados Unidos e Prémio Nobel

 

07-03-2019

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI