Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal é o sexto país com desemprego mais elevado da UE

A taxa de desemprego na Zona Euro fixou-se em 10,1% e em 8,6% na União Europeia em Agosto. Portugal, que registou uma taxa de desemprego de 11% no mês passado, tem a sexta taxa mais elevada da UE.

Reuters
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 30 de Setembro de 2016 às 10:48
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A taxa de desemprego na Zona Euro fixou-se nos 10,1% em Agosto, mantendo-se estável face ao mês anterior, de acordo com os dados revelados esta sexta-feira, 30 de Setembro, pelo Eurostat. Face ao mesmo período de 2015, a taxa de desemprego nos países da União Monetária registou um decréscimo já que em Agosto de 2015 estava nos 10,7%. Além disso, a taxa de desemprego registada no mês passado na área do euro representa o valor mais baixo desde Julho de 2011.

Na União Europeia (UE), a taxa de desemprego fixou-se nos 8,6% no mês passado, mantendo uma evolução estável face a Julho deste ano. E uma descida face ao período homólogo do ano anterior, altura em que o desemprego estava nos 9,3%. Os números divulgados pelo gabinete europeu de estatística indicam que a taxa de desemprego registada em Agosto na Europa a 28 é a mais baixa desde Março de 2009.


O Eurostat estima assim que 20,973 milhões de cidadãos da União Europeia estejam em situação de desemprego. E 16,326 milhões de pessoas na Zona Euro.

Olhando para o mapa de países que integram a União Europeia é possível verificar que Portugal é o sexto país com a taxa mais elevada no mês de Agosto. O desemprego em Portugal fixou-se nos 11%, tendo apenas a Itália, Chipre, Croácia, Espanha e Grécia (ainda que os últimos dados sejam de Junho) registado valores mais elevados.

Por outro lado, a República Checa é o país que teve a taxa de desemprego mais baixa da União Europeia (3,9%), seguido da Alemanha (4,2%) e Malta (4,8%).


Quanto ao desemprego jovem, o Eurostat revela que a taxa de desemprego entre jovens com menos de 25 anos situa-se nos 18,6% na União Europeia e 20,7% na Zona Euro – valores ligeiramente abaixo do registado no período homólogo do ano passado. Estas percentagens significam que 4,199 milhões de jovens com menos de 25 anos na União Europeia estão numa situação de desemprego.

Destes quase cinco mil milhões de jovens desempregados, 2,927 milhões estão na Zona Euro. 

Ver comentários
Outras Notícias