União Europeia Portugal pode perder 300 milhões com o "Brexit"

Portugal pode perder 300 milhões com o "Brexit"

Caso os ingleses decidam sair da União Europeia Portugal pode perder 300 milhões de euros em exportações, diz um estudo da Euler Hermes. O referendo tem a lugar a 23 de Junho.
Portugal pode perder 300 milhões com o "Brexit"
Bloomberg
Lusa 29 de maio de 2016 às 15:42

A saída do Reino Unido da União Europeia deverá penalizar o PIB de Portugal em 0,3 pontos percentuais entre 2017 e 2019 e fazer o país perder 300 milhões de euros em exportações, segundo um estudo da Euler Hermes.

Os britânicos decidem em 23 de Junho, num referendo, se "deve o Reino Unido permanecer como membro da União Europeia ou deve sair da União Europeia", como refere a pergunta a que terão de responder.

 

Caso a resposta seja pelo fim da pertença ao projecto europeu - o designado 'Brexit' (junção de 'British' e 'exit' em inglês, saída britânica em português) - as consequências serão de muitas ordens, mas também económicas, pois o Reino Unido é um importante parceiro comercial e investidor em muitos países.

 

A empresa de seguros de crédito Euler Hermes fez um estudo sobre o efeito nos Estados-membros da União Europeia (UE) e, no caso de Portugal, concluiu que, apesar de não ser dos mais afectados, que terá um "impacto significativo".

 

Os autores do estudo simularam o impacto em dois cenários: 'Brexit' mas com acordo de livre comércio, ou 'Brexit' sem qualquer acordo para a troca de bens e serviços entre Reino Unido e UE.

 

Assim, com acordo comercial, é estimado um impacto negativo no PIB português de 0,2 pontos percentuais no acumulado entre 2017 e 2019. Já caso não seja firmado qualquer acordo, o impacto será maior, estimando-se que o crescimento do PIB fique 0,3 pontos percentuais abaixo do que seria esperado por efeito do 'Brexit'.

 

"Em Portugal, os sectores mais atingidos seriam o automóvel, os têxteis, o químico e o agroalimentar", disse à Lusa Daniela Ordonez, economista da Euler Hermes que trabalhou os dados sobre o país.

 

Por rubricas, Portugal pode perder até 300 milhões de euros nas exportações, sendo 200 milhões de euros nas vendas de bens e 100 milhões de euros em serviços. Já a perda no Investimento Directo Estrangeiro (IDE) é estimada em 100 milhões de euros.

 

O estudo analisa ainda o impacto nas insolvências de empresas, estimando que estas podem aumentar em Portugal em um ponto percentual até 2019.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI