Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente e ministros de Chipre sofrem cortes nos salários até 25%

O salário do Presidente cipriota será reduzido em 25%. Os cortes operados sobre os rendimentos dos ministros serão de 20%. Todos os membros do Governo abdicarão de uma verba extra.

Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 28 de Março de 2013 às 15:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 34
  • ...

O Presidente de Chipre sofrerá um corte de 25% sobre o salário. Medida semelhante será aplicada aos vencimentos auferidos pelos ministros que serão reduzidos em 20%. A decisão foi comunicada pelo porta-voz presidencial Constantinos Petrides, refere o jornal espanhol “El País”.

 

Uma comissão para apurar “as responsabilidades criminais, civis ou políticas” da crise que assolou o sector bancário na ilha de Chipre foi criada pelo Executivo do país. As investigações serão conduzidas por três antigos juízes cipriotas.

 

As instituições bancárias de Chipre abriram na manhã desta sexta-feira, depois de quase duas semanas encerradas. Haverá restrições às transacções financeiras, estando os depositantes impedidos de transferir mais de 5000 mil euros mensais para fora. O montante máximo de levantamento será de 300 euros por dia.

 

Chipre, em contrapartida da ajuda externa, vai fechar o segundo maior banco,  Laiki, e reestruturar profundamente o maior,  Bank of Cyprus, o que levará a pesadas perdas entre os accionistas e obrigacionistas dos bancos, mas também entre os depósitos de valor superior a 100 mil euros, onde as perdas poderão ascender aos 40%.

 

A Zona Euro promete 10 mil milhões de euros para resgatar o país; a primeira tranche deverá chegar em Maio. O Banco Central Europeu (BCE) continua a fornecer liquidez à banca cipriota, tendo, na última noite, disponibilizado cinco mil milhões de euros, de acordo com a imprensa internacional. O objectivo era assegurar a reabertura dos bancos cipriotas, esta quinta-feira.

 

Por outro lado, o mercado bolsista de Chipre não regressou esta quinta-feira às negociações, como estava previsto.

 

(Notícia actualizada às 16h10 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais Chipre Zona Euro ajuda externa
Mais lidas
Outras Notícias