Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas: O lugar da Grécia continua a ser na Zona Euro

O vice-presidente da Comissão Europeia disse esta segunda-feira que a vitória do "não" tornou mais complicado o contexto para as negociações do que poderá ser um terceiro resgate para a Grécia. Garante que a estabilidade da Zona Euro, e de países como Portugal, está assegurada.

A carregar o vídeo ...
Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 06 de Julho de 2015 às 12:22
  • Partilhar artigo
  • 8
  • ...

Valdis Dombrovskis, vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelo euro, disse esta manhã que "o lugar da Grécia é e continua a ser na Zona Euro" e que, não obstante a vitória do "não" no referendo deste domingo a propostas que - sublinhou - foram "largamente apresentadas pelos próprio governo grego", ainda é possível encontrar uma solução desde que "todas as partes trabalhem responsavelmente". "Não há uma saída fácil para esta crise. Demasiadas oportunidades e tempo foram já desperdiçadas", avisou.

 

Falando à imprensa em Bruxelas, o comissário lembrou que, antes de mais, será preciso um novo mandato do Eurogrupo para que a Comissão Europeia possa voltar a negociar com o Governo grego, dado que o anterior programa de assistência expirou sem ser concluído.

 

"Não estamos em negociações com as autoridades gregas. Cabe ao Eurogrupo decidir os próximos passos", disse, referindo-se à cimeira extraordinária de amanhã e ao encontro dos ministros das Finanças do euro que se lhe antecederá. 

 

Questionado sobre se um novo perdão de dívida pode ser oferecido por Bruxelas, como exige Atenas, Dombrovski respondeu que a oferta de nova reestruturação da dívida pública grega, que vem de Novembro de 2012, pressuponha que o programa que estava em curso era concluído com êxito, o que não foi o caso, pelo que essa oferta – como as demais – não está mais sobre a mesa.

 

O vice-presidente da Comissão assegurou ainda que a Zona Euro está neste momento melhor preparada para uma eventual saída da Grécia do euro. A "estabilidade da Zona Euro não está em questão", assegurou, afirmando que existem actualmente as "ferramentas necessárias" para prevenir que a instabilidade financeira se propague e para proteger "as economias mais vulneráveis", o que pode ser demonstrado pelas, para já, "reacções muito limitadas" dos mercados em relação a países como Portugal e Irlanda. "Temos todas as ferramentas necessárias para garantir a estabilidade financeira da Zona Euro, e o Eurogrupo e as autoridades da Zona Euro estão prontas a recorrer a essas ferramentas para impedir que a instabilidade financeira se propague", asseverou.

 

 

(notícia actualizada às 12h50)

 

Ver comentários
Saber mais Valdis Dombrovskis vice-presidente da Comissão Europeia Zona Euro Grécia referendo
Outras Notícias