Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Chipre: Reunião do Eurogrupo começou

A reunião do Eurogrupo acabou por se iniciar com mais de três horas e meia de atraso em relação à hora agendada. Durante toda a tarde o presidente de Chipre esteve reunido com líderes da UE, do FMI e do BCE.

Negócios 24 de Março de 2013 às 21:48
  • Partilhar artigo
  • ...

A reunião do Eurogrupo que estava marcada para as 17 horas de Lisboa, foi adiada para as 19 horas mas acabou por se iniciar apenas depois das 20:30, altura em que os repórteres foram autorizados a captar imagens.

 

Mas não é certo que se tomem decisões uma vez que está a decorrer uma reunião paralela entre o presidente cipriota e os presidentes da Comissão Europeia e da União Europeia.

 

Não existe aparentemente ainda nenhum acordo para resgatar a economia cipriota. Passavam poucos minutos das 21:30 quando o porta-voz de Chipre em Bruxelas disse no seu Twitter que se tinha iniciado uma nova reunião entre Nicos Anastasiades e o presidente da Comissão Europeia Durão Barroso e o presidente da União Europeia Herman van Rompuy.

 

Durante toda a tarde o presidente de Chipre Nicos Anastasiades esteve reunido com responsáveis do FMI, BCE e Zona Euro. O objectivo é obter um acordo que viabilize o resgate do país depois de no sábado dia 23 de Março terem fracassado as negociações em Nicósia com a designada troika que inclui representantes daquelas três entidades.

 

Um acordo entre o Chipre e a Zona Euro tem de ser alcançado até segunda-feira à noite uma vez que o BCE disse, em comunicado emitido a 21 de Março, que só fornecerá liquidez aos bancos cipriotas através a Assistência de Liquidez de Emergências (ELA, Emergency Liquidity Assistance até esse dia. Sem recursos do BCE os bancos cipriotas colapsam e enfrenta-se um sério risco de saída de Chipre do euro.

 

Nos termos do entendimento aprovado pelo Eurogrupo de 16 de Março, a Zona Euro e o FMI emprestam a Chipre dez mil milhões de euros mas Nicósia tem de obter por si 5,8 mil milhões de euros. Boa parte desse valor viria da tributação de depósitos, questão que gerou controvérsia no Chipre e levou ao encerramento dos bancos por um período tão prolongado.

 

(notícia actualizada às 22:25 com o segundo parágrafo)

 

Ver comentários
Saber mais Chipre Eurogrupo Zona Euro
Outras Notícias