Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crescimento da actividade económica na Zona Euro desacelera para mínimos de mais de um ano

A actividade económica da área do euro manteve-se na senda do crescimento no mês de Março. Contudo, o ritmo de subida abrandou para o valor mais baixo em 14 meses.

europa zona euro união europeia
Reuters
Negócios jng@negocios.pt 22 de Março de 2018 às 09:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A actividade económica na Zona Euro continua numa trajectória de crescimento. Todavia, o ritmo da expansão económica está a dar indícios de um abrandamento.

O índice de gestores de compras (PMI Composite Output Index), que mede a actividade privada na Zona Euro na indústria e nos serviços, da IHS Markit, fixou-se em Março nos 55,3 pontos, o reflecte uma queda face aos 57,1 pontos registados em Fevereiro, revela o comunicado publicado esta manhã de quinta-feira, 22 de Março.

Além disso, este valor anunciado pela leitura rápida da IHS Markit representa o valor mais baixo desde Janeiro de 2017.

O crescimento da produção, tanto na área dos serviços como da indústria, foi moderado. A actividade dos serviços avançou ao ritmo mas lento dos últimos cinco meses. Já a produção das fábricas da área do euro subiu mas ao ritmo mais tímido dos últimos 14 meses – ou seja, desde Janeiro do ano passado, nota o documento.

Chris Williamson, economista-chefe da IHS Markit, em comunicado, refere que, apesar da leitura relativa ao primeiro trimestre "continuar relativamente robusta, indicando uma subida do PIB de 0,7 -0,8%, a perda de dinamismo desde o início do ano tem sido algo dramática".

"Pelo menos algum do abrandamento pode ser atribuído ao mau tempo em algumas das regiões do norte e, talvez mais importante, resultado das ‘dores de crescimento’ que resultam do fortalecimento do crescimento recente", acrescentou.

Ver comentários
Saber mais PMI Composite Output Index actividade económica Zona Euro serviços indústria
Mais lidas
Outras Notícias