Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Encomendas à indústria alemã caem inesperadamente em Outubro

As encomendas às fábricas alemãs desceram 1,7%, em Outubro, pelo terceiro mês consecutivo, quando as estimativas apontavam para um crescimento de 1% face ao mês anterior

Rita Faria afaria@negocios.pt 05 de Novembro de 2015 às 09:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

As encomendas à indústria alemã caíram inesperadamente, em Setembro, pelo terceiro mês consecutivo, num contexto de quebra da procura por bens de investimento na Zona Euro, que está a colocar riscos à maior economia europeia.

Segundo os dados divulgados pelo Ministério alemão da Economia esta quinta-feira, 5 de Novembro, as encomendas à indústria desceram 1,7% face a Agosto, mês em que haviam registado uma quebra de 1,8%. A descida contrariou as estimativas recolhidas pela Bloomberg, que antecipavam uma subida de 1%.

Em termos homólogos – ou seja, na comparação com o mesmo mês do ano passado – as encomendas à indústria germânica desceram 1%, em Setembro.

O Bundesbank referir no mês passado que a tendência de crescimento da actividade económica da Alemanha continuou no terceiro trimestre, embora menos dinâmica. Ainda que a confiança dos empresários alemães tenha caído, em Outubro, pela primeira vez em quatro meses, em resposta ao enfraquecimento do comércio global, a desaceleração da China, em si, deve ter um impacto modesto sobre a economia da Zona Euro, de acordo com o Banco Central Europeu (BCE).

"As encomendas à indústria estão a passar por um momento difícil, que tem sobretudo a ver com a fraca procura de fora da Zona Euro", referiu o Ministério da Economia, em comunicado, citado pela Bloomberg. "A procura doméstica e na Zona Euro continua a crescer moderadamente e a suportar a indústria".

Ver comentários
Saber mais Encomendas à indústria Alemanha Zona euro procura indústria
Outras Notícias