Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo de resgate do euro perde “rating” máximo

Fitch também reduziu a notação financeira do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira, depois de ter deixado de classificar a França com o “rating” de AAA.

Reuters
Negócios 15 de Julho de 2013 às 19:49
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A Fitch Ratings cortou esta segunda-feira a notação financeira do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), de AAA para AA+, pelo que o fundo de resgate do euro, deixa de ter a classificação máxima entre as três principais agências de notação financeira.

 

A Moody’s e a Standard & Poor’s tinham já cortado o “rating” do FEEF para AA+, pelo que o fundo, que está em fase de liquidação, passa a ter a mesma classificação por parte das três agências.

O corte da Fitch surge depois de na sexta-feira a agência ter efectuado o mesmo procedimento à dívida da França, que passou a ter uma notação financeira de AA+, face ao anterior AAA.

 

“O rating do FEEF depende das garantias irrevogáveis e incondicionais que são providenciadas pelos estados membros da Zona Euro”, justifica a Fitch. Com este corte a França, a dívida emitida pelo FEEF deixou de estar totalmente garantida por países com “rating” AAA.

 

O Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) criado, de forma provisória, em 2010 para co-financiar parte do programa de assistência à Grécia e um terço dos programas acordados a Portugal e à Irlanda iniciou a 1 de Julho o processo que levará à sua progressiva extinção a favor do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), que passará a ser o "mecanismo único e permanente" para responder a novos pedidos de apoio financeiro feitos por países da zona euro.

Ver comentários
Saber mais Fundo de resgate do euro FEEF
Outras Notícias