Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo alemão corta para metade previsão de crescimento para 2013

Em vez de 1%, a Alemanha crescerá apenas 0,4% neste ano, avança a Bloomberg. Em 2012, a maior economia europeia terá crescido 0,7%.

Alemanha paga para colocar dívida a dois anos
Negócios 16 de Janeiro de 2013 às 12:00
  • Partilhar artigo
  • ...

Depois de, em 17 Outubro, ter cortado de 1,6% para 1%, o Ministério alemão da Economia reduziu hoje para apenas 0,4% a sua previsão de crescimento para a maior economia europeia. Em 2012, o PIB alemão terá crescido 0,7%, menos que o esperado, mas o suficiente para que o país apresentasse o primeiro excedente orçamental desde 2007.

 

Os novos dados, citados pela agência Bloomberg, constam do relatório anual do Ministério liderado por Philipp Roesler. “Assumimos que a fase de fragilidade deste Inverno será superada no decorrer do ano e que a nossa economia voltará a ganhar vigor”, refere o ministro.

 

Atingida por uma forte desaceleração das exportações, para a Europa mas também para a China onde tem conquistado crescentes quotas de mercado, a economia alemã terá entrado no último trimestre de 2012 em terreno negativo, devendo ter contraído em torno 0,5%, segundo dados preliminares do seu instituto de estatística, Destatis.

 

Há um mês, o banco central alemão, o Bundesbank, reduzira também a sua previsão de crescimento de 2013 para 0,4%, e advertira que a economia terá contraído nos últimos três meses de 2012, e pode fazê-lo novamente no primeiro trimestre de 2013.

 

A economia da Zona Euro, como um todo, já está em recessão, tendo contraído, no terceiro e quarto trimestres do ano passado.

 

(notícia actualizada às 12h10)

Ver comentários
Saber mais Alemanha PIB 2013
Outras Notícias