Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo português manifestou perplexidade por acusações de Tsipras via canais diplomáticos

Espanha diz que foi enviado à Comissão Europeia e ao Conselho Europeu um protesto conjunto contra as declarações de Tsipras e que a iniciativa foi de Portugal. Fonte do Governo português desmente, afirmando que manifestou a sua perplexidade perante "acusações infundadas", mas não escreveu qualquer carta de protesto. Bruxelas demonstra "descontentamento" com Atenas e diz que não recebeu qualquer missiva de protesto.

Reuters
Negócios com Lusa 01 de Março de 2015 às 16:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 44
  • ...

O Governo espanhol revelou este domingo, 1 de Março, que Portugal e Espanha enviaram um protesto conjunto aos presidentes da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e do Conselho Europeu, Donald Tusk, contra as declarações do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras. O Governo português nega que tenha enviado qualquer carta.

 

Em causa estão as declarações do líder do Executivo helénico proferidas no sábado, numa reunião do comité central do seu partido. "Deparámo-nos com um eixo de poderes, liderado pelos governos de Espanha e de Portugal que, por motivos políticos óbvios, tentou levar a Grécia para o abismo durante todas as negociações", disse Tsipras no sábado, 28 de Fevereiro.

 

Fonte do Governo espanhol afirmou à Lusa que "Espanha aderiu à iniciativa portuguesa", afirmando desta forma que foi Portugal que decidiu enviar uma carta às instituições europeias. Contudo, o Executivo português nega que tenha enviado qualquer carta.

 

O gabinete do primeiro-ministro confirma, contudo, a existência de "contactos através de canais diplomáticos" para sublinhar a perplexidade do Governo português perante acusações que classifica de infundadas de Alexis Tsipras.

 

Segundo a mesma fonte, o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, não falou nem com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, nem com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, nem lhes endereçou qualquer missiva de protesto sobre as acusações de Alexis Tsipras de que Portugal e Espanha teriam tentado bloquear um acordo no Eurogrupo.

 

A Comissão Europeia afirmou à Lusa que está a par do descontentamento de Portugal e Espanha, escusando-se a comentar a situação. E disse não ter recebido qualquer missiva formal. 

Ver comentários
Saber mais Portugal Espanha Comissão Europeia Jean-Claude Juncker Conselho Europeu Donald Tusk Alexis Tsipras Grécia Pedro Passos Coelho Mariano Rajoy política
Mais lidas
Outras Notícias