Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O programa de Governo de Alexis Tsipras

O programa de Governo anunciado pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, foi decalcado do programa com que o Syriza se candidatou às eleições gregas. A maior parte das medidas carece de quantificação e a calendarização também é escassa. Leia aqui o resumo.

28 Fevereiro – Tsipras numa reunião do comité central do Syriza. 

“Deparámo-nos com um eixo de poderes, liderado pelos governos de Espanha e de Portugal que, por motivos políticos óbvios, tentou levar a Grécia para o abismo durante todas as negociações”
Reuters
Negócios 09 de Fevereiro de 2015 às 17:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

O programa de Governo anunciado pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, foi decalcado do programa com que o Syriza se candidatou às eleições gregas. A maior parte das medidas carece de quantificação e a calendarização também é escassa. Leia aqui um resumo:

 

• Quem ganha menos de 12.000 euros por ano fica isento do pagamento de impostos. O tecto de isenção está actualmente fixado em cinco mil euros.

 

• O imposto unificado sobre os imóveis (ENFIA) será substituído por um novo imposto dirigido aos grandes proprietários (Igreja Ortodoxa também?)

 

• Salário mínimo universal será elevado dos actuais 586 euros (ou 510 euros para menores de 25 anos) para 751 euros até 2016.

 

• Pensionistas que recebem menos de 700 euros por mês vão receber 13º cheque mensal.

 

• Restaurar as convenções colectivas seguindo recomendações do conselho da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

 

• Prolongar a actual proibição de penhoras sobre as primeiras residências.

 

• Suspensão das privatizações, mas as concessões podem ser alargadas quando forem de interesse nacional.

 

• Alterar a legislação para permitir ao Fundo de Estabilidade Financeira exercer o seu pleno direito de voto, sem restrições, na gestão de bancos recapitalizados.

 

• Introduzir um novo sistema fiscal "estável, simples e justo" e combater a corrupção e a evasão fiscal.

 

• Introduzir uma reforma global do sector público da Grécia.

 

• Vender metade da frota, incluindo todos os carros que valem mais de 700 mil euros, e um dos três jactos à disposição do governo.

 

• Orçamento do Parlamento será cortado em 30% e o de segurança em 40%.

 

• Não aceitar mais empréstimos sem garantia. 

 

• Criar uma comissão para perceber o que levou a Grécia à beira da falência e para investigar quem é responsável pelo estado do país.

 

Ver comentários
Saber mais Alexis Tsipras Igreja Ortodoxa Organização Internacional do Trabalho Fundo de Estabilidade Financeira Grécia programa governo
Outras Notícias