Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente da Grécia considera acordo com Eurogrupo "inadmissível"

O Presidente da Grécia, Carolos Papoulias, qualificou hoje como "inadmissível" o acordo alcançado entre o Eurogrupo e o Governo cipriota sobre o resgate financeiro a Chipre, após defini-lo como discriminatório.

Após o encontro com Samaras, Merkel reuniu-se com o Presidente da República, Karolos Papoulias
Lusa 25 de Março de 2013 às 14:44
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

"Nestes momentos os nossos pensamentos estão com Chipre, que está a sofrer. A decisão da União Europeia é inadmissível porque é discriminatória", declarou Papoulias aos 'media' gregos no final de um desfile militar durante a Festa Nacional que celebra a emancipação do país face ao império otomano, comemorada em simultâneo na ilha mediterrânica.

 

"A União Europeia deveria ser um abrigo para os débeis" em vez de "seleccionar as suas vítimas seguindo critérios que apenas ela conhece", acrescentou o Presidente grego.

 

"Este dia [25 de Março] é um dia de memória e de honra para os que se revoltaram utilizando como única arma o seu amor pela liberdade, e que fizeram frente ao império otomano para nos deixar como legado um Estado livre. Essa mensagem deve ser transmitida a todas as capitais, e sobretudo a Berlim", considerou Papoulias.

 

Esta foi a primeira vez que o Presidente grego criticou a actuação da Alemanha e da União Europeia face à crise nos países mediterrânicos.

 

As suas declarações contrastaram com as proferidas pelo porta-voz do Governo grego, que evitou qualquer crítica aos parceiros europeus, limitando-se a expressar solidariedade com o Executivo de Chipre.

Ver comentários
Saber mais Eurogrupo Presidente da Grécia Carolos Papoulias
Outras Notícias