Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sócrates: “É preciso dizer basta à Alemanha”

José Sócrates critica o “complexo de superioridade” dos países do Norte da Europa, bem como o “complexo de inferioridade” dos países do Sul. O ex-primeiro-ministro disse, na RTP, mesmo que “basta” de austeridade e “à Alemanha”.

João Miguel Rodrigues/Correio da Manhã
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 14 de Abril de 2013 às 21:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 25
  • ...

José Sócrates considera que a “Europa engana-se se considera que estas pequenas medidas resolvem” os problemas da região, referindo-se ao alargamento do prazo dos reembolsos dos empréstimos concedidos pela Europa a Portugal e Irlanda no âmbito dos programas de ajuda financeira.

 

O comentador político defende que a Europa precisa de mudar de política e fez a comparação com a economia americana que também entrou em crise na mesma altura, mas já está a crescer e a ver a taxa de desemprego a diminuir, ao contrário da Europa, que está em recessão e com um desemprego cada vez mais elevado. “Qual o motivo desta diferença? É uma diferença na estratégica”, apontando para a necessidade do Banco Central Europeu (BCE) ter poderes semelhantes aos da Reserva Federal (Fed) dos EUA, que passem por estimular a economia e incentivar o emprego.

 

 

“A Europa tem de pôr de lado os manuais e olhar para os resultados”, salientando que a “Europa está com uma doença ideológica. Estes resultados estão a pôr em causa não apenas o sucesso económico, mas também as bases do projecto europeu.”

 

“A política europeia sempre se baseou no valor de igualdade entre os Estados”, o que “também tem sido posto em causa nos últimos anos”, afirmou no comentário semanal na RTP.

 

José Sócrates defende que o “fosso entre o Norte e o Sul está a gravar-se” e que é preciso mudar as políticas para travar este sentimento. O ex-primeiro-ministro critica o “preconceito de superioridade do Norte”, falando “em particular da Alemanha”.

 

“Acho que é preciso dizer basta à Alemanha. É verdade de Angela Merkel sempre me apoiou, e  esse apoiou foi muito importante”, mas é preciso que, “fundamentalmente, a opinião pública e a condução política alemã” mude.

 

 

José Sócrates adianta que não é só os países do Norte que têm “complexo de superioridade”, são também os países do Sul que têm “complexos de inferioridade.

 

“A Europa precisa de olhar para a realidade. Isto tem de mudar”, salientou.

 

“Devemos mudar o Tratado Europeu para dar poderes ao BCE”, para que esta instituição possa ter uma política cujos objectivos sejam a economia e o emprego. É preciso “dar um passo em frente do federalismo”, defende.

Ver comentários
Saber mais José Sócrates Alemanha Zona Euro Europa
Outras Notícias