Zona Euro Zona Euro engorda excedente comercial de bens até Abril

Zona Euro engorda excedente comercial de bens até Abril

As exportações cresceram mais do que as importações nos primeiros quatro meses do ano, mostra a estimativa preliminar do Eurostat para a Zona Euro. Na União Europeia, o défice ainda se mantém, mas encolheu.
Margarida Peixoto 15 de junho de 2018 às 11:49
Entre Janeiro e Abril deste ano, a Zona Euro arrecadou um excedente comercial de 64,4 mil milhões de euros. O número representa uma subida de 9,7% face a igual período de 2017. Os dados foram revelados esta sexta-feira, 15 de Junho, pelo Eurostat e correspondem a uma primeira estimativa.

Nos primeiros quatro meses do ano, as exportações dos países da moeda única atingiram os 738,2 mil milhões de euros, um aumento de 3,8% face ao período homólogo. Já as importações cresceram a um ritmo ligeiramente menor, de 3,2%.

Só em Abril, a subida das exportações da Zona Euro foi de 8% face ao mesmo mês de 2017. Do lado das importações o aumento foi de 8,1%. O resultado mostra uma aceleração significativa do comércio face ao que tinha sido registado no mês anterior. Em Março, em termos homólogos, tanto as importações como as exportações tinham caído.

Aliás, a travagem registada nas exportações no primeiro trimestre de 2018 ditou o abrandamento da Zona Euro. Nos primeiros três meses do ano, os países da moeda única cresceram 0,4% face aos três meses anteriores, bem menos do que os 0,7% que tinham sido registados no último trimestre de 2017. Quando os dados foram revelados, os economistas atribuíram o pior desempenho a factores temporários, que seriam dissipados no segundo trimestre.

Segundo o Eurostat, o comércio entre os Estados-membros que partilham o euro atingiu os 157,4 mil milhões de euros só em Abril, o que representa um aumento de 9,8% face ao mesmo mês de 2017.

Olhando para o conjunto da União Europeia, nos primeiros quatro meses do ano ainda se verificou um défice na balança comercial de bens, contudo diminuiu face a igual período de 2017. Segundo o Eurostat, o défice foi de 8,3 mil milhões de euros, abaixo dos 10,4 mil milhões verificados até Abril do ano passado.

Os Estados Unidos continuam a ser o principal parceiro comercial da União Europeia, tendo o excedente do conjunto dos Estados-membros sido reforçado nos primeiros quatro meses do ano.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI