Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Campos e Cunha: "Os políticos adoram inventar problema e resolvê-los"

Para o ex-ministro das Finanças a classe política da esquerda à direita "adora inventar problemas e resolvê-los. É óptimo porque se inventa um problema que não existe e resolve-se sendo que o sucesso é infalível".

João Carlos Malta joaomalta@negocios.pt 07 de Outubro de 2011 às 11:45
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
Luís Campos e Cunha fez esta consideração a propósito de duas ideias que têm sido repetidas até à exaustão e que na sua perspectiva são falsas. A primeira que o desequilíbrio externo é consequência da falta de competitividade e a segunda que os salários subiram nos últimos cincos anos acima da produtividade.

Em relação à primeira questão Luís Campos e Cunha considera que a falta de competitividade advém da queda da poupança privada que não foi sustentada pela poupança pública. Quanto à segunda os custos dos salários têm-se mantido constantes com o dos preços.

Em conclusão, o problema do desequilíbrio externo não é a falta competitividade, pelo que neste momento uma descida da taxa social única teria efeitos recessivos e indesejáveis para a economia.

Para aumentar a competitividade do País, o economista sugere que se aumente o número de horas de trabalho e se reduza o número de feriados e férias. "É mais eficaz do que a desvalorização fiscal com o aumento do IVA", defendeu Campos e Cunha no Fórum bolsa que se realiza no Porto

Ver comentários
Saber mais Luís Campos e Cunha TSU
Outras Notícias