Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cenário de crise política (ainda) não trava descida dos juros da dívida

Pelo segundo dia consecutivo, os juros da dívida pública portuguesa continuam hoje a ceder, reflectindo ainda as decisões da cimeira europeia de alargar as linhas de defesa do euro. Cenário de crise política ainda não estará a ser descontado pelos investidores internacionais.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 15 de Março de 2011 às 08:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
Pelo segundo dia consecutivo, os juros da dívida pública portuguesa continuam hoje a ceder, reflectindo ainda as decisões da cimeira europeia de alargar as linhas de defesa do euro. Cenário de crise política ainda não estará a ser descontado pelos investidores internacionais.

De acordo com os preços genéricos da Bloomberg, as taxas de juro subjacentes à dívida portuguesa estão a descer em todos os prazos – a excepção é a quatro anos – mas numa amplitude muito mais ténue do que a observada ontem. O recuo mais significativo volta a verificar-se nos juros da dívida a cinco anos, que cedem 7,5 pontos base para 7,689%. A dez anos recuam 1,8 pontos base para 7,422%.

Já ontem, na primeira sessão após a cimeira europeia que terminou na madrugada de sábado, em Bruxelas, os juros associados aos títulos da dívida pública portuguesa haviam sofrido uma descida acentuada, em particular nos prazos mais curtos, que haviam tocado em novos máximos no final da passada semana.

A taxa a cinco anos, que na sexta-feira chegara a atingir pontualmente os 8%, recuou para 7,764%, e a de 10 anos baixou para 7,44%, na que foi a maior descida diária desde 10 de Janeiro.

Os analistas advertem, porém, para a probabilidade desta tendência de desagravamento das condições de financiamento de Portugal se revelar sol de pouca dura, devido, em particular, ao risco de as medidas de austeridade anunciadas por José Sócrates não serem aprovadas, o que, em última análise, pode fazer mergulhar o país numa crise política.



Ver comentários
Saber mais dívida alivia crise política
Mais lidas
Outras Notícias