Finanças Públicas De um excedente histórico a um défice para a História
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

De um excedente histórico a um défice para a História

No dia em que o INE confirmou o primeiro excedente da história da democracia portuguesa, Mário Centeno assumiu que a pandemia de covid-19 está a paralisar “partes críticas” da economia. Portugal vai regressar à recessão e ao défice, reconheceu.
A carregar o vídeo ...
O ministro das Finanças, Mário Centeno, não teve oportunidade de celebrar o excedente orçamental.
Margarida Peixoto 25 de março de 2020 às 22:47

E num mês, tudo mudou. O ministro das Finanças apelidado de “Ronaldo do Eurogrupo”, que se orgulha de nunca ter apresentado um orçamento retificativo, já não chegou a celebrar abertamente o primeiro excedente

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI