Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dívida pública agrava-se em mais de 800 milhões em Julho

O valor ficou em 240,9 mil milhões de euros, um aumento de 836 milhões em relação ao mês anterior, anunciou esta quinta-feira o Banco de Portugal.

Miguel Baltazar/Negócios
Paulo Zacarias Gomes paulozgomes@negocios.pt 01 de Setembro de 2016 às 11:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 98
  • ...

A dívida pública portuguesa, na óptica de Maastricht, ficou em 240,9 mil milhões de euros em Julho, um aumento de 836 milhões em relação ao mês anterior, anunciou esta quinta-feira, 1 de Setembro, o Banco de Portugal.

Este é o quinto mês consecutivo de crescimento para este indicador que levou a um novo máximo histórico.


De acordo com o banco central, o aumento "resultou principalmente de emissões líquidas positivas de títulos". Esta rubrica passou de 130,77 mil milhões de euros em Junho para 131,6 mil milhões um mês depois. 

A rubrica de numerário e depósitos alcançou 20.759 milhões de euros, mais 11,33% em relação a Dezembro, relacionado com a captação de poupança junto das famílias.

Já a rubrica empréstimos reduziu-se em 339 milhões de euros para 88,52 mil milhões de euros.

Excluindo os depósitos, a dívida pública subiu mais – cerca de 3,3 mil milhões de euros – passando para 224,3 mil milhões de euros.

Nos primeiros sete meses do ano a dívida pública aumentou 9.510 milhões de euros, o que significa um crescimento de 4,11% em relação ao valor final de 2015.

No segundo trimestre, tal como o banco já tinha avançado em meados de Agosto, a dívida pública situou-se em 131,9% do PIB, acima de 128,9% registados nos primeiros três meses do ano.


(Notícia actualizada às 11:53 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais Banco de Portugal economia negócios e finanças macroeconomia
Outras Notícias