Finanças Públicas Dívida pública sobe para novo recorde em Agosto

Dívida pública sobe para novo recorde em Agosto

Após seis meses sempre a subir, a dívida pública está agora em 243,3 mil milhões de euros. Contudo, tendo em conta os depósitos, o valor até desceu em Agosto.
Nuno Carregueiro 03 de outubro de 2016 às 11:32

A dívida pública situou-se em 243,3 mil milhões de euros no mês de Agosto, um aumento de 2,5 mil milhões de euros face ao mês anterior, anunciou o Banco de Portugal.

 

O valor registado em Agosto corresponde a um novo máximo e traduz um aumento de 11,7 mil milhões de euros face ao final do ano passado, quando a dívida pública se situava em 231,5 mil milhões de euros.

 

Apesar deste agravamento, que se verificam pelo sexto mês consecutivo, a dívida pública líquida de depósitos da administração central registou uma diminuição de 700 milhões de euros face ao mês anterior, totalizando 223,6 mil milhões de euros.

Na nota onde avança com os dados de Agosto da dívida pública, o Banco de Portugal salienta que o aumento registado em Agosto reflecte emissões líquidas positivas de títulos, num total de 2,6 mil milhões de euros. O IGCP avançou em Agosto com emissão de bilhetes do Tesouro num total de 1,6 mil milhões de euros e realizou a segunda emissão de obrigações do Tesouro de rendimento variável (OTRV) um total de 1,2 mil milhões de euros.

 

Devido a estas emissões, o valor em depósitos do Tesouro aumentou em 3,2 mil milhões de euros, um valor superior ao aumento da dívida total, pelo que em termos líquidos o endividamento do Estado desceu em Agosto.

Apesar do alívio na dívida pública líquida de depósitos em Agosto (após dois meses de aumentos), o valor registado no oitavo mês deste ano (223,6 mil milhões de euros) está mais de 5 mil milhões de euros acima do verificado no final de 2015 (situava-se em 218,3 mil milhões de euros em Dezembro).  

 

Em Junho deste ano a dívida pública total situava-se em 239,8 mil milhões de euros, o que corresponde a 131,7% do PIB. Só quando for conhecido o valor de Setembro será possível perceber se também o peso da dívida pública na economia atingiu um recorde no terceiro trimestre.   

 

(notícia actualizada às 11:40 com mais informação)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI